Menu
terça, 19 de junho de 2018
Polícia

Acusado de atirar em empresário é preso pela PM

06 Jun 2008 - 09h21Por Redação São Carlos Agora
A Polícia Militar de São Carlos em uma resposta rápida ao crime ocorrido contra o empresário Sebastião Ari Micocheiro, 63, conseguiu localizar na noite de ontem, o autor da tentativa de roubo e do disparo que atingiu o empresário na boca. A Polícia chegou até ele, após receber uma denúncia anônima informando que o mesmo estaria em um Fusca branco, trafegando pela avenida Morumbi, Jardim Cruzeiro do Sul. Os PMs foram checar e no interior do Fusca acabaram localizando Alisson Roberto Marcelino, 28, o qual segundo o boletim de ocorrência, confessou o crime. Ele também indicou onde estaria guardada a moto, roupas e a arma utilizada para ferir Micocheiro. A Polícia localizou somente a moto e as roupas utilizadas pelo rapaz. Marcelino foi apresentado no Plantão Policial e após ser ouvido foi liberado, pois as testemunhas ficaram em dúvida sobre o seu reconhecimento. O advogado do rapaz se comprometeu a comparecer na DIG, na data de hoje, levando o seu cliente para prestar esclarecimentos.
Segundo apurado, durante todo o dia de ontem, a Polícia Militar efetuou buscas para tentar localizar o assaltante que teria tentado roubar a empresa Antari Produtos Siderúrgicos e atingido o empresário Sebastião Ari Micocheiro com um tiro na boca. No final da tarde desta quinta-feira, a PM recebeu a informação que o autor do crime seria Alisson Roberto Marcelino e o que o mesmo estaria no interior de um Fusca branco, que trafegava pela avenida Morumbi. Os policiais, tenente Gonzáles e soldado Salatino, da viatura comando com o apoio da viatura do tenente Fachini, foram até a avenida e acabaram abordando o veículo. Consta no boletim de ocorrência da PM que no interior do veículo, os policiais encontraram Marcelino, o qual foi questionado sobre a tentativa de assalto e o disparo contra o empresário, acabou confessando ser o autor do crime. Ele declarou ainda, que a moto utilizada na tentativa de assalto estaria escondida na rua 05, 322, Aracy I. Uma viatura foi ao local e acabou encontrando a moto Twister preta, pertencente ao pedreiro, J.G.C., 24, que disse aos policiais que usa a motocicleta para trabalhar e não teria emprestado a mesma pra ninguém. Além de indicar o local onde estaria a motocicleta, Marcelino disse onde teria guardado a arma e a roupa que utilizou para ir até a Antari. Os policiais então seguiram para a rua Goiás, 50, Jardim Gonzaga e ao revistarem a residência acabaram localizando somente a roupa e detiveram T.S., 30, morador do local. Diante dos fatos, os envolvidos foram encaminhados ao Plantão Policial e Marcelino após ser ouvido foi liberado, pois segundo consta no boletim de ocorrência, as testemunhas não conseguiram dizer com certeza se era ele ou não o autor do crime, pois o mesmo se encontrava com capacete no momento que invadiu a empresa. No boletim de ocorrência consta ainda, que o advogado de Marcelino irá comparecer hoje na DIG (Delegacia de Investigações Gerais) onde Marcelino será novamente ouvido e passará por novo reconhecimento.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias