Menu
quarta, 18 de julho de 2018
Brasil

Governador e secretário visitam o Centro de Comando da Copa

28 Mai 2014 - 14h31Por Secretaria da Segurança Pública

O governador Geraldo Alckmin e o secretário da Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, visitaram nesta segunda-feira (26) o Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), na Luz, centro da Capital. O órgão funcionará como um centro de coordenação da Operação de Segurança da Copa do Mundo, integrando e monitorando informações de pelo menos 41 órgãos.

O imóvel onde foi instalado o CICCR pertence à Secretaria Estadual de Planejamento e recebeu um investimento de R$ 2,25 milhões do Governo do Estado para uma reforma geral e implantação de elevador. Os equipamentos e mobiliário foram adquiridos pela Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos (Sesge), do Ministério da Justiça.

"Este é um bom exemplo de legado. Tudo isso vai ficar para o Estado. Assim que acabar a Copa do Mundo, esse centro de controle regional ficará como um centro de inteligência para o Estado", explicou o governador. “A partir de 10 de junho, funcionará 24 horas por dia, durante os sete dias da semana.”

O Centro já opera, por meio de um videowall, 30 câmeras instaladas no entorno da Arena Corinthians e em outros pontos principais. Além disso, a Capital receberá cinco Centros de Controle Móveis – três carretas e duas plataformas de observação elevada, para que a Polícia Militar monitore jogos, Fan Fests e outros eventos relacionados à Copa.

“Os equipamentos ficarão sob gestão da secretaria [da Segurança Pública]. Nós já temos um Copom [Centro de Operação da Polícia Militar] instalado e reformado, então este ambiente poderá ser usado não só para grandes eventos, mas também para instalar o Centro Integrado de Inteligência [CIISP] das nossas polícias”, disse o secretário sobre a utilização do centro após a Copa do Mundo.

Desde sexta-feira (23), estão em funcionamento a sala de operações (NOC - Network Operations Center), de atendimento, de armazenamento de dados (Datacenter), de crise, planejamento, escolta e administração e os equipamentos do Centro.

Atualmente, o CICCR conta com 53 assentos na sala de operações para órgãos públicos e empresas parceiras ligadas à operação do evento mundial, com possibilidade de ampliação para 60 assentos. Dentre eles, estão a Secretaria da Segurança Pública (SSP), as polícias Militar, Civil e Técnico-científica, o Corpo de Bombeiros, a Agência Brasileira de Inteligência (Abin), entre outros.

Após a Copa do Mundo, o Centro deixará como legado o trabalho integrado entre as várias forças de segurança federais, estaduais e municipais, além de órgãos de regulação e controle e outras instituições que atuam em grandes eventos, como da área de saúde e defesa civil.

Outros equipamentos adquiridos para o monitoramento da Copa do Mundo e que serão utilizados após a realização do evento são dois ‘imagiadores’ – equipamentos com câmeras acoplados em helicópteros que conseguem captar imagens a alturas de dois a três quilômetros, além de poder ser utilizado no período noturno.

Segundo o comandante geral da Polícia Militar, coronel Benedito Roberto Meira, dois helicópteros Águia patrulharão o entorno de estádios e locais de grande concentração de público durante a Copa. “Nós já tínhamos a pretensão de comprar este equipamento. Com eles, é possível ver uma placa de carro a dois quilômetros de altura.”

As secretarias da Segurança Pública e do Planejamento de Desenvolvimento Regional compartilharão a administração do Centro, que terá como coordenador o delegado da Polícia Federal Guilherme de Castro Almeida.

No país

Todas as cidades-sede da Copa do Mundo terão um Centro Integrado de Comando e Controle Regional, que será interligado ao comando central, em Brasília. O órgão vai integrar e apoiar as ações das instituições envolvidas, mantendo atualizadas as informações para os governos.

O Centro faz parte do Sistema Integrado de Comando e Controle da Segurança Pública para Grandes Eventos (SICC), instituído pela Sesge. O SICC é a união das atividades de planejamento, coordenação, acompanhamento, avaliação e integração da Operação de Segurança da Copa.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias