sexta, 19 de agosto de 2022
Drama

Hemodiálise da Santa Casa trabalha no limite e deixa de admitir novos pacientes

Pacientes que precisam do tratamento precisam aguardar regulação do sistema Cross para outros locais.

29 Jul 2022 - 15h55Por Redação São Carlos Agora
Equipamentos usados para hemodiálise - Crédito: Assessoria imprensa Santa Casa de São CarlosEquipamentos usados para hemodiálise - Crédito: Assessoria imprensa Santa Casa de São Carlos

O setor de hemodiálise da Santa Casa de São Carlos está no limite de atendimento e não há mais vagas para novos pacientes. A informação foi confirmada pelo hospital ao SCA. 

O filho de Wagner Luiz Melo entrou em contato com a redação do jornal São Carlos relatando que o pai sofre de insuficiência renal e procurou atendimento médico no hospital Beneficência Portuguesa na capital, onde foi atendido e o caso encaminhado ao Departamento Regional de Saúde (DRS-3) que abrange São Carlos com solicitação para tratamento de hemodiálise. Segundo o filho, toda documentação necessária foi apresentada desde o dia 14 de julho, mas segundo ele, o nome do pai ainda não foi inserido no sistema de regulação CROSS.

Drama semelhante vive a jovem Bruna de Carvalho Quinto Delfino de 25 anos. Segundo a mãe, ela está internada na Santa Casa e foi diagnosticada com uma doença renal crônica, além de ser portadora de diabetes tipo 1. A mãe contou ao SCA que a irmãs de Bruna já fizeram testes para o transplante de rim e são compatíveis, porém enquanto o transplante não é realizado, ela necessita realizar hemodiálise, mas enfrenta a falta de vagas. A jovem possuí uma filha de 5 anos.  “Estou desesperada, não tenho mais de onde tirar forças para ajudar para minha filha”, disse a mãe.

Segundo a Santa Casa, a paciente em questão passa por tratamento no hospital enquanto aguarda vaga para hemodiálise via sistema CROSS.

O SCA entrou em contato com a assessoria de imprensa da Santa Casa. Abaixo a nota enviada na integra:

A Santa Casa de São Carlos é um dos serviços da região contratados para oferecer hemodiálise aos usuários do SUS. Atualmente atende 228 pacientes em hemodiálise e 6 em diálise peritoneal, realizando cerca de 2.900 atendimentos por mês. No momento, está em seu limite operacional, não dispondo de vagas para novos pacientes que precisam de hemodiálise. O hospital já está em busca de verba, junto ao governo do Estado e iniciativa privada, para ampliação do seu serviço de Nefrologia, com a construção de um novo prédio.

 

Leia Também

Últimas Notícias