sexta, 19 de agosto de 2022
Saúde

Confirmado 1º caso de varíola dos macacos em São Carlos

Paciente tem 34 anos.

19 Jul 2022 - 19h30Por Redação São Carlos Agora
Varíola dos macacos - Crédito: imagem ilustrativa/internetVaríola dos macacos - Crédito: imagem ilustrativa/internet

São Carlos confirmou o primeiro caso de varíola dos macacos nesta terça-feira (19).

Segundo a Secretaria de Saúde, por meio do Departamento de Vigilância em Saúde, o paciente é  de São Carlos, porém esteve recentemente na capital paulista. Trata-se de um homem de 34 anos que está isolado em sua residência.

A Vigilância Epidemiológica do município, em parceria  com o Estado e Serviço de Saúde Privado monitora o caso e seus respectivos contatos.

SP tem 374 casos confirmados da Monkeypox, sendo 317 em São Paulo, um em Bady Bassit, dois em Barueri, três em Cajamar, dois em Campinas, três em Diadema, três em Guarulhos, dois em Indaiatuba, um em Carapicuíba, um em Cotia, um em Jundiaí, um em Itapecerica da Serra, sete em Itapevi, um em Itaquaquecetuba, um em Itarare, três em Osasco, três em Ribeirão Preto, um em Santa Bárbara D'Oeste, cinco em Santo André, oito em São Bernardo do Campo, um em São Caetano do Sul, um em São Carlos, um em São José dos Campos, dois em Sertãozinho, dois em Taboão da Serra e um em Vinhedo. 

Todos os pacientes estão com boa evolução do quadro e são acompanhados pelas vigilâncias epidemiológicas dos seus respectivos municípios, com o apoio do Estado.

O vírus da Monkeypox faz parte da mesma família da varíola e é importante salientar que o atual surto não tem a participação de macacos na transmissão para seres humanos. A transmissão ocorre entre pessoas e o atual surto tem prevalência de transmissão de contato íntimo e sexual.

Prevenção contra a Monkeypox (MPX)

- Evitar contato íntimo ou sexual com pessoas que tenham lesões na pele;
- Evitar beijar, abraçar ou fazer sexo com alguém com a doença;
- Higienização das mãos com água e sabão e uso de álcool gel;
- Não compartilhar roupas de cama, toalhas, talheres, copos, objetos pessoais ou brinquedos sexuais;
- Uso de máscaras, protegendo contra gotículas e saliva, entre casos confirmados e contactantes.

Sintomas da Monkeypox (MPX)

- O principal sintoma é o aparecimento de lesões parecidas com espinhas ou bolhas que podem surgir no rosto, dentro da boca ou em outras partes do corpo, como mãos, pés, peito, genitais ou ânus;
- Caroço no pescoço, axila e virilhas;
- Febre;
- Dor de cabeça;
- Calafrios;
- Cansaço;
- Dores musculares.

Leia Também

Últimas Notícias