Menu
sexta, 05 de março de 2021
Região

Veículo comprado em São Carlos é usado em latrocínio de empresário em Mococa

17 Jun 2016 - 08h32Por Pedro Maciel
Foto: Arquivo/SCA - Foto: Arquivo/SCA -

Policiais civis do 1º e 4º DPs, comandados pelo delegado Maurício Antônio Dotta e Silva auxiliam a equipe do delegado Wanderley Fernandes Martins Junior de Mococa que tenta localizar e prender um criminoso já identificado que teria executado o empresário Cleber Demétrio dos Santos, 35, que mesmo não reagindo ao assalto foi morto com um tiro na cabeça, no final da noite de terça-feira, 14. Um veículo comprado em São Carlos que foi utilizado para o crime segue desaparecido com o seu motorista.

ROUBO

Segundo o São Carlos Agora apurou, no final da noite de terça-feira, por volta das 22h30, o empresário, acompanhado da esposa se preparava para deixar a empresa da família, localizada na avenida Cristovão de Lima Guedes, na vila Santa Rosa em Mococa, quando o local foi invadido por um homem armado com um revólver calibre 38.

Ele anunciou o assalto e dizia para que Cleber entregasse a chave da caminhonete que estava estacionada em frente a empresa.

Sem reagir e pedindo calma, o empresário colocou a mão no bolso da calça para apanhar a chave e por motivos que a Polícia Civil ainda deverá apurar o marginal apontou a arma para cabeça do empresário e a queima roupa disparou um único tiro. Cleber caiu ao lado da esposa que começou a gritar e o marginal saiu correndo abortando o crime de roubo de veículo.

Populares que ouviram o disparo e ouviam os gritos de socorro da esposa do empresário acionaram a Polícia Militar e uma ambulância do Samu levou o empresário com vida para o hospital de Mococa. Ele foi operado e foi internado na Unidade de terapia Intensiva (UTI), mas não resistiu e morreu.

FIAT UNO

Durante os trabalhos realizados na madrugada de quarta-feira, 15, uma testemunha informou aos policiais militares que caminhava pela avenida Cristóvão de Lima Guedes e percebeu que o desconhecido de arma em punho atravessou a rua e entrou em um Fiat Uno e anotou as placas de São Carlos.

Já pelo final da madrugada os policiais constataram que o veículo não constava queixa de furto ou roubo por São Carlos e pela manhã os policiais civis de Mococa fizeram contato com o 1º e 4º DPs e o delegado Maurício Dotta determinou que fosse realizado buscas sobre o Uno.

Os policiais descobriram que um homem (já identificado) teria adquirido o veículo por cerca de R$ 7 mil e teria entregue ao vendedor de uma garagem de veículo cerca de R$ 6 mil em dinheiro, ficando acertado que regressaria para pagar a dívida de R$ 1 mil. Durante a venda o comprador do Uno, também teria comentado que estaria propenso em mudar-se para a cidade. A Polícia Civil de Mococa trabalha a informação de que três homens podem ter estado no local do crime. 

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias