Menu
quinta, 01 de outubro de 2020
Região

Sepultamento das vítimas de acidente ocorreu na manhã desta quarta-feira

29 Out 2014 - 15h29Por Portal Ternura FM
Foto: Portal Ternura FM - Foto: Portal Ternura FM -

Muita comoção no sepultamento das dez de onze vítimas do acidente que aconteceu na noite de segunda-feira, envolvendo um ônibus com estudantes da escola estadual Dom Gastão Liberal Pinto de Borborema e um caminhão tanque. Os corpos foram velados no Ginásio de Esportes da cidade e já foram sepultados nesta manhã.

Os sepultamentos deram início às 08h20min, sendo alternados de meia em meia hora para não causar tumultos.Equipes do Corpo de Bombeiros e do SAMU realizaram o atendimento.Várias pessoas passaram mal e a comoção do público foi geral que estimou-se em 3 mil pessoas.

O estudante José Vinícius Francisco Anzolin, de 15 anos,  foi o último a ser seputaldo. O mesmo só foi liberado pelo IML, na  noite de ontem pois seu corpo foi encontrado carbonizado, sobre os destroços do caminhão na manhã de terça-feira.Uma das vítimas, a professora Roseneida Aparecida Casetta Montera, que tinha 50 anos, foi velada em Itápolis (SP), e seu enterro ocorreu 19 horas.

Feridos

Além das 11 mortes, outras 24 pessoas ficaram feridas no acidente. Nove delas permanecem internadas em hospitais da região e uma recebeu alta. Veja a lista:

- Leonardo Lucas dos Santos: está na UTI do Hospital de Base de Bauru e não foi divulgado o estado de saúde.

- Larissa Botaccini: está na UTI do Hospital de Base de Bauru e não foi divulgado o estado de saúde.

- Letícia da Silva Pinto: Permenece na Santa Casa de Ibitinga, está fora de perigo. Já está conversando normalmente.

- Gustavo Alves da Silva Teixeira: recebeu alta.

- Caroleine da Silva: está bem e foi transferida para a enfermaria da Santa Casa de Ibitinga.

- Emily Carolina dos Santos: está besperando alta na enfermaria da Santa Casa de Ibitinga.

- Isabela Lourenço Alves: recebeu alta na manhã desta quarta-feira.

- Bianca Almeida Alves: está bem e foi transferida para a enfermaria da Santa Casa de Ibitinga.

- Isabela Caroline da Silva Toledo: está bem e foi transferida para a enfermaria da Santa Casa de Ibitinga.

- Leandro Sanches Basalea (motorista do caminhão): está em estado estável e foi transferido para o hospital em Novo Horizonte, onde aguarda vaga em unidade especializada de queimados em Catanduva.

O secretário estadual de Educação esteve na cidade para acompanhar o velório. "O momento é muito delicado, uma grande tragédia", afirmou Herman Voorwald. Segundo a Polícia Militar, mais de 3 mil pessoas acompanham as homenagens aos sete estudantes, três professoras e mãe de dois alunos da Escola Dom Gastão Liberal Pinto que morreram na colisão do ônibus com uma carreta na Rodovia Leônidas Pacheco Ferreira na noite de segunda-feira (27).

COMOÇÃO

A chegada dos caixões foi marcada por muita comoção e antes mesmo do início do velório, vários familiares passaram mal e tiveram que ser atendidos por uma equipe médica que está no local. Além da equipe, psicólogas e assistentes sociais da prefeitura também estão no local para dar todo o apoio aos familiares das vítimas.

O grupo que estava no ônibus voltava de uma excursão em São Paulo que fazia parte de um projeto da Secretaria Estadual de Educação quando houve acidente. A pista ficou parcialmente interditada por quase 14 horas após a colisão. 

Durante toda a manhã o trânsito seguiu o sistema “Pare e Siga”, quando somente o fluxo de uma das faixas é liberado por vez, e um congestionamento se formou no local. Por volta das 14 horas a pista começou a ser totalmente liberada.

Além do ônibus atingido pela carreta, onde estavam 43 passageiros e o motorista, outros dois veículos também levavam estudantes e professores e chegaram em Borborema por volta das 23 horas. No total, 110 pessoas participaram da excursão. 

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias