Menu
terça, 29 de setembro de 2020
Região

Programa Direção Segura flagra 26 motoristas alcoolizados em Leme

02 Set 2014 - 10h47Por Difusora Pirassununga
0 - 0 -

O Programa Direção Segura - ação coordenada pelo Detran de SP para a prevenção e redução de acidentes e mortes no trânsito causados pelo consumo de álcool combinado com direção – flagrou 26 pessoas dirigindo sob efeito de álcool em sua primeira visita a Leme, no último final de semana. As operações aconteceram na Estrada Municipal Orlando Leme Franco e na Avenida Joaquim Lopes Águila. A ação de fiscalização contou com a participação das policias Militar, Rodoviária, Civil e Técnico-Científica.

No total, 75 testes do etilômetro (conhecidos por bafômetro) foram aplicados. Os 26 condutores autuados por embriaguez ao volante terão de pagar multa no valor de R$ 1.915,40 e vão responder administrativamente processo junto ao Detran para a suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

Dez dos motoristas flagrados, além de receberem essas penalidades, responderão na Justiça por crime de trânsito. Eles apresentaram índice a partir de 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido no teste do etilômetro. Se condenados, esses condutores podem cumprir de seis meses a três anos de prisão, conforme prevê a nova Lei Seca, também conhecida como “tolerância zero”. Eles foram autuados em flagrante delito e, oito deles pagaram fiança e foram liberados. Dois deles, não pagaram e foram recolhidos na cadeia Pública de Pirassununga.

Lançado no Carnaval de 2013, o Programa Direção Segura integra equipes do Detran de SP, das Polícias Militar, Civil e Técnico-Científica, e do Corpo de Bombeiros. O objetivo é reduzir o número de acidentes e mortes no trânsito, conscientizando a sociedade sobre os perigos da combinação entre álcool e direção. Desde o lançamento, foram aplicados 20.433 testes de etilômetro em todo o Estado. Ao todo, 2.081 pessoas foram autuadas por embriaguez ao volante. Dessas, 368 cometeram crime de trânsito.

Pela nova Lei Seca (lei 12.760/2012), todos os motoristas flagrados em fiscalizações têm direito a ampla defesa, até que a CNH seja efetivamente suspensa. Se o condutor voltar a cometer a mesma infração durante o processo administrativo, o valor da multa será dobrado.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias