Menu
terça, 11 de maio de 2021
Região

Prefeitura de Ibaté segue Plano São Paulo e adota fase de transição para atividades comerciais e religiosas

16 Abr 2021 - 19h38
Prefeitura de Ibaté segue Plano São Paulo e adota fase de transição para atividades comerciais e religiosas - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Seguindo a fase de transição do Plano São Paulo, anunciada nesta sexta-feira, 16, pelo vice-governador Rodrigo Garcia, a Prefeitura de Ibaté editou um novo decreto municipal para retomada gradativa e consciente das atividades não essenciais. 

“A fase de transição é necessária para que possamos dar passos seguros adiante sem o risco de retroceder. O apoio da população nesse novo momento da pandemia continua sendo fundamental. Não é hora de baixarmos a guarda”, afirmou Rodrigo Garcia.

O Decreto Municipal 2.951 prevê entre os dias 18 e 23 de abril, o funcionamento das atividades comerciais não essenciais, no horário das 9h às 17h. Nesse período, também será permitida as atividades religiosas com restrições, sendo uma celebração de segunda a sexta-feira, e até duas aos sábados e domingos, com no máximo uma hora e meia de duração.

Tanto as atividades comerciais quanto as religiosas deverão obedecer  ao índice máximo de 25% de ocupação da capacidade total dos estabelecimentos, seguindo rigorosamente todos os protocolos sanitários, de higiene e de distanciamento social. 

Os cultos, missas e outras atividades religiosas coletivas não poderão ultrapassar às 20h. Isso pelo fato do Plano São Paulo prever a manutenção da restrição de circulação de pessoas e veículos (toque de recolher), das 20h às 5h. 

O retorno do atendimento presencial com restrições do setor de serviços como restaurantes e similares (lanchonetes, casas de sucos, bares com função de restaurante), salões de beleza e barbearias, atividades culturais, clubes e academias, que irão iniciar a partir do dia 24 de abril, serão objetos de nova regulamentação a ser publicada na próxima semana. 

Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, as medidas mais rígidas de restrição da fase vermelha, o avanço na vacinação e a expansão de leitos hospitalares resultaram em decréscimo de 1,4% ao dia em novas internações e de 0,8% ao dia em UTIs para pacientes moderados e graves com coronavírus.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias