Menu
domingo, 20 de setembro de 2020
Falta de respeito

Onda de furtos atinge o cemitério de Ibaté; 39 crimes teriam sido cometidos em uma semana

17 Out 2018 - 12h00Por Redação
Onda de furtos atinge o cemitério de Ibaté; 39 crimes teriam sido cometidos em uma semana - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Uma onda de furtos está tirando o sossego de moradores de Ibaté. Na manhã desta quarta-feira, 17, uma leitora entrou em contato para denunciar que, devido aos atos criminosos, a Guarda Municipal  da cidade iria tomar providências.

Uma reclamante disse ao São Carlos Agora que o túmulo de sua avó teria sido furtado entre os dias 5 e 6 de outubro e foram avisados no dia 8 por uma mulher que faz a limpeza. Um boletim de ocorrência foi elaborado. Foi levado na oportunidade uma Nossa Senhora feita em bronze.

Paralelamente ela disse que familiares foram conversar com um funcionário do cemitério quando obteve a informação que pelo menos 39 túmulos teriam sido furtados durante a semana. “Segundo ele, o guarda municipal que ficava durante a noite, era um idoso e ele sozinho não andava pelo cemitério durante a noite”, denunciou.

A reclamante afirmou ainda que chegou a conversar com o comandante da Guarda Municipal e obteve a informação que tentaria aumentar o número de guardas noturnos e colocar um guarda durante o dia no final de semana.

MAIS LIMPA

A denunciante disse ainda que de segunda-feira, 15 para terça-feira, 16, novos furtos ocorreram no cemitério e alguns objetos chegaram a ser recuperados, como crucifixos e bíblias que eram muito pesadas e os ladrões não deixaram pelo caminho.

“Voltei a entrar em contato com a Guarda Municipal e a única informação que obtive é que eles iriam tentar aumentar o patrulhamento”, lamentou. “Disseram que talvez seriam instaladas câmeras de segurança”, emendou.

A reclamante disse que, no início a família nem iria se manifestar e providenciar outra santa para colocar no lugar de onde foi furtada a imagem de Nossa Senhora.

“Mas, e aí? A gente manda fazer outra e durante a noite, ou no final de semana, vai alguém lá de novo e tira? Minha avó era uma pessoa muito querida, fizemos tudo com muito carinho, para simplesmente deixar quieto? Infelizmente tem muitas famílias que não estão sabendo do ocorrido, porque andei lá ontem e vi que muitos túmulos, foram alvos. E não podemos deixar quieto”, desabafou.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias