Menu
terça, 22 de setembro de 2020
Região

Mulher cai em golpe do bilhete premiado e perde R$ 32 mil em Pirassununga

05 Set 2014 - 09h00Por Difusora Pirassununga

Na manhã desta quinta-feira (4), uma mulher de 66 anos foi mais uma vítima de um golpe conhecido como “bilhete premiado”. Nestes casos, estelionatários abordam pessoas dizendo que teriam ganhado na loteria. Normalmente os golpistas se passam por pessoas simples e que não sabem como retirar o dinheiro. Além disso pedem garantias em dinheiro para que as vítimas a ajudem. Nesta ocasião, a aposentada perdeu R$ 32 mil em dinheiro.

A abordagem foi feita por duas mulheres na altura do Lago Municipal, por volta das 8h30. Uma mulher chegou para a vítima e perguntou sobre a residência de um homem. Na sequência, outra mulher chegou e fez o mesmo questionamento. A vítima não sabia, mas ela já estava sendo envolvida pela conversa das golpistas.

Elas disseram que o homem venderia bilhetes de loteria e que elas teriam ganho R$ 10 mil, mas que teriam que ir até a casa dele para retirar o prêmio. Uma delas ainda disse que a premiação seria ainda maior e que o suposto vendedor de bilhetes estaria tentando roubá-las. Foi dito ainda que elas não conseguiriam retirar o dinheiro na Caixa Econômica Federal pois a ganhadora seria analfabeta e que ainda seriam necessárias mais duas testemunhas.

Com isso, as golpistas foram envolvendo a vítima em conversas e acabaram a convencendo a ajudá-las. A vítima foi levada até sua casa onde foram pegos documentos e cartões bancários. Os golpistas usualmente dizem que é necessário sacar algum dinheiro como garantia e acabam convencendo a vítima de realizar os saques.

A ação durou o dia todo e a vítima realizou saques em agências bancárias das cidades de Leme, Araras e Limeira. Ao todo foram R$ 32 mil retirados, sendo que R$ 29 mil seriam da mãe da vítima, uma idosa que depende do dinheiro para fazer tratamento de saúde.

Com os valores no carro, as golpistas e a vítima retornaram para Pirassununga. Em dado momento, uma das mulheres fingiu estar passando mal. Pararam em uma farmácia onde pediram para a vítima comprar um antiácido. Quando a aposentada voltou, elas não estavam mais lá, levando todo o seu dinheiro. As características físicas das mulheres e a marca e modelo do carro usado foram passados em boletim de ocorrência, que foi lavrado às 21h16 para providências.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias