Menu
quinta, 15 de abril de 2021
Região

Morre menina violentada e agredida em cidade da região

05 Mar 2018 - 18h40
0 - 0 -

A criança Giovana Maria de Oliveira Ribeiro, de 8 anos, que foi violentada e agredida no final da tarde deste domingo, não resistiu aos ferimentos e acabou falecendo na UTI do Hospital Gota de Leite em Araraquara, local onde estava internada desde a noite de ontem, quando foi transferida para aquela cidade, com a UTI Móvel do hospital.

A nota oficial comunicando o falecimento que ocorreu às 6 da manhã de hoje, foi divulgada por volta das 11 horas.

A criança era moradora no jardim Santo Expedito, e desapareceu de sua residência e foi localizada numa casa em construção no referido bairro, com sinais de tortura e estupro. A polícia trabalha no caso e algumas pessoas já foram ouvidas pelos investigadores e pelo delegado nesta manhã de segunda-feira. 

CONHEÇA O CASO: 

A menina de 08 anos de idade foi encontrada com sinais de tortura e suposto estupro na tarde deste domingo (04) em Ibitinga. A família da criança quem acionou a polícia e o Corpo de Bombeiros no Residencial Santo Expedito 2 (bairro onde residia).

Segundo informações, a menina brincava com outra criança dentro de casa e após desaparecer, por motivos ainda não esclarecidos, foi encontrada pelo pai em uma residência em construção localizada na rua atrás de onde mora. A vítima estava com sinais de violência e desacordada, e foi encaminhada à UPA. Segundo os bombeiros, a mesma estava sem sinais vitais, realizando procedimento de RCP e na UPA os médicos conseguiram reanimá-la através do uso de adrenalina. Foi utilizado colar cervical, e a criança apresentava traumatismo craniano e hemorragia.

Devido a gravidade, a criança foi transferida para a Santa Casa local e posteriormente foi encaminhada à Araraquara, mas acabou falecendo.

PRISÃO DO SUSPEITO

O homem suspeito de torturar e estuprar a garotinha teve prisão preventiva decretada no início desta tarde de segunda-feira (05). Ele permanecerá preso por 30 dias para investigação, e foi levado para a Penitenciária de Serra Azul (SP).

Segundo a Polícia Civil, o depoimento do acusado possui situações contraditórias e testemunhas foram ouvidas nesta manhã, que comprovaram episódios que discordam da história narrada pelo homem.

Com informações do Portal Ternura

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias