Menu
terça, 02 de março de 2021
Região

Ibaté: 240 famílias assinam contrato e conquistam moradias

14 Out 2016 - 13h08Por Redação
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação -

Na manha desta quarta-feira, 12, as 240 famílias contempladas com as novas moradias da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), estiveram presentes no Centro de Convivência do Melhor Idade, para assinatura do contrato da tão aguardada nova casa própria.

O prefeito Alessandro Rosa destaca a sua grande satisfação de presenciar a alegria de tantas famílias que em breve terão suas casas e se verão livres do aluguel.

"Enfim o sonho de tantos munícipes será realizado em breve, agora com o contrato já assinado, nesta sexta-feira, 14, os contemplados receberam a chave de sua residência", ressaltou Alessandro.

NOVAS MORADIAS

A entrega das chaves das casas das 240 famílias contempladas nesta 1ª fase será realizada pela Prefeitura Municipal de Ibaté e pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), nesta sexta-feira, 14, na Avenida Santa Rufina, s/nº, Vila Tamoio, ao lado do Grêmio Recreativo e Esportivo de Ibaté (Grei), a partir das 15h.

"Me sinto com a sensação de dever cumprido em poder realizar a entrega das 240 casas referentes a primeira fase do CDHU, lembrando que teremos ainda mais 284 novas moradias da segunda fase, totalizando assim as 524, uma grande conquista para a nossa população, iniciada pelo prefeito eleito Zé Parella e supervisionada pela ex-prefeita Lu Spilla e por mim, pois sabemos a importância que tem para nossa cidade, para as famílias contempladas, este é com certeza um momento de grande alegria", destaca Alessandro.

A área onde as casas foram construídas foi adquirida pelo prefeito eleito Zé Parella, da Cosan/Raízen pelo valor aproximado de R$ 1,5 milhão e foi doada a CDHU.

As novas moradias foram construídas com dois e três dormitórios, todas possuem itens do novo padrão de construção da CDHU, incorporados para oferecer mais conforto e qualidade de vida ao morador.

Entre as melhorias estão o aquecedor solar, piso cerâmico, azulejo na cozinha e banheiro, esquadrias, estrutura de metal no telhado em substituição à de madeira, abrigo para botijão de gás, cobertura na área de serviço e muros divisórios entre as casas.

Nesta primeira fase, a CDHU investiu o valor aproximado de R$ 30 milhões. 

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias