Menu
segunda, 13 de julho de 2020
Saúde pública

Escola Jovina, em Ibaté, trabalha projeto de combate a dengue mesmo na quarentena

22 Jun 2020 - 16h51Por Redação
Escola Jovina, em Ibaté, trabalha projeto de combate a dengue mesmo na quarentena - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Durante o ano letivo, todas as escolas da rede municipal de Ibaté trabalham sobre a conscientização do combate ao mosquito Aedes Aegypti, causador da dengue e de outras doenças que podem matar. São realizadas atividades lúdicas, palestras e ensinamentos de como se prevenir.

Nesse momento, em que as crianças estão em casa por conta do novo coronavírus, a Escola Municipal Jovina de Paula Pessente montou atividades para as crianças realizarem em casa, junto com os pais.

A diretora da unidade escolar, Angélica Cristina da Silva, lembrou que todo ano a escola realiza várias atividades com as crianças sobre o tema e, ao fim, esses trabalhos são expostos em um mural para que todos possam ver. “São trabalhos lindos que as crianças trazem de casa e os que fazem aqui mesmo na escola, pois nada melhor do que começar a ter conscientização desde pequenos. Isso faz com que as crianças sejam fiscalizadores em casa contra a dengue”, relatou.

Angélica fala que o objetivo de realizar esse trabalho no período em que as crianças estão em casa é muito proveitoso, pois elas aprendem a cuidar do seu próprio quintal, além de olhar terrenos próximos que pode haver a proliferação do mosquito. “Por isso, enviamos aos alunos e pais para que eles fizessem essas atividades e ao chegar as fotos nos surpreendeu o trabalho realizado pelo alunos com a ajuda deles”, contou Angélica.

Atualmente, Ibaté tem 119 notificações, sendo 24 casos positivos. Esse número, apesar de ser baixo, assusta. “A dengue mata e temos que estar vigilantes o tempo todo para que não tenhamos também essa doença na cidade”, finaliza a diretora.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias