Menu
sábado, 19 de setembro de 2020
Região

Casal é preso em flagrante após roubo de taxista na Zona Norte em Pirassunga

25 Jul 2014 - 12h30Por Difusora Pirassununga
0 - 0 -

Na noite desta quinta-feira (24), um caso de roubo contra um taxista foi solucionado com rapidez pela Polícia Militar de Pirassununga. A vítima compareceu à delegacia onde estavam os policiais. No mesmo momento foram feitos reconhecimentos através de arquivos de fotos e um casal, residente na Zona Norte de Pirassununga foi localizado e preso. Eles teriam se utilizado de uma faca durante o assalto.

O taxista, de 55 anos, disse que atende no ponto defronte à Igreja Matriz e que por volta das 20h30 chegou um casal solicitando uma corrida até o bairro Clayton Malaman. De acordo com o boletim de ocorrências, pela rua Mauro Pegoraro o veículo parou e neste momento um homem, pedreiro de 23 anos, morador da Vila Esperança teria sacado de uma faca de cabo marrom e aproximadamente 20 cm de lâmina que estava em sua cintura.

Ele teria ameaçado o taxista encostando a faca em sua barriga e ordenou para que entregasse seu dinheiro e o telefone celular. A vítima não reagiu ao roubo e entregou R$ 80 e seu telefone marca LG, de cor preta. Logo depois, o homem e a mulher, monitora de 25 anos, residente no Jardim São Lucas fugiram.

Na delegacia, as informações foram passadas para os cabos Francisco e Bonifácio, que imediatamente levantaram os arquivos de fotos da polícia a fim de que o taxista pudesse reconhecer os suspeitos. Foi mostrada a foto de um casal, já conhecido dos meios policiais do município e a vítima os reconheceu de imediato. Ele também informou as roupas e as características físicas dos suspeitos.

A Polícia Militar, então começou a fazer diligências pela Zona Norte da cidade e já tendo conhecimento de um endereço onde eles poderiam estar, na avenida América do Sul, foi feita a abordagem. Dentro da residência estava a dupla. Em buscas foi encontrada uma faca suspeita e também uma porção e um cigarro de maconha, no qual o pedreiro disse ser de sua propriedade, afirmando ser usuário.

Todos foram levados para a delegacia onde foi feito reconhecimento pessoal por parte da vítima não restando dúvidas de quem teria praticado o roubo. O taxista também reconheceu a arma praticada no crime e o boné que o acusado utilizava.

Não foi possível encontrar o dinheiro roubado e nem o telefone celular. A delegada Tatiane Parizotto ratificou a voz de prisão dada pelos policiais. O homem foi levado para a Cadeia Pública local e a mulher para a Cadeia Feminina de Leme, onde permanecem à disposição da Justiça.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias