Menu
quarta, 03 de março de 2021
Região

Bandido rouba dois taxistas em menos de 24 horas

25 Jan 2017 - 07h59
0 - 0 -

Na tarde de terça-feira (24), um taxista de 58 anos de idade sofreu um sequestro relâmpago em Araraquara. Segundo informações, o taxista trabalhava em um ponto de táxi na Praça do Cruzeiro, em Américo Brasiliense, quando foi abordado por um homem, que solicitou uma corrida até o Jardim Botânico, em Araraquara.

Quando os dois estavam pelo Jardim Botânico, o bandido apresentou uma arma de fogo e anunciou o roubo, levando a vítima até um canavial próximo a Bueno de Andrada. Ali, ele fez ameaças de morte e exigiu que a vítima entregasse um cartão de banco com a senha, caso contrário voltaria para matá-lo.

O assaltante pegou o táxi da vítima e foi até a área central da cidade de Araraquara para realizar o saque, momento em que a vítima conseguiu se soltar e pedir ajuda pela rodovia que liga Araraquara a Bueno de Andrada.

A Polícia imediatamente passou o alerta de roubo de veículo pela rede de rádio, com as características do bandido. Policiais que realizavam o Rádio Patrulhamento em Motos (RPM1), iniciaram na área bancária, avistando o um suspeito dentro da Caixa Econômica, que fica na rua Nove de Julho (2).

Ao realizar a abordagem, constataram que o suspeito estava com os documentos da vítima. No táxi foi encontrada a arma utilizada no roubo, com a numeração raspada. Luís Geraldo da Silva, de 50 anos, recebeu a voz de prisão e foi encaminhado ao 3º D.P. de Araraquara.

Na delegacia, os Policiais constataram que o homem estava sendo procurado pela justiça, pois não retornou ao IPA de Bauru, após uma saída temporária de final de ano. Com o preso, os policiais encontraram a carteira de outro taxista, de 50 anos, que também foi vítima do ladrão.

O taxista disse aos policiais que foi rendido da mesma forma, e que o bandido exigiu que a vítima dirigisse até Matão para realizar saques em uma agencia bancária, porém o taxista o convenceu a ir até a Caixa Econômica onde iria fazer os saques. Na agência da caixa econômica, o bandido fez a vítima sacar 200 reais, e na Alameda Paulista foi sacado mais 160 reais.

Em determinado momento, em um semáforo que estava fechado, o autor desceu do carro e desapareceu. Este taxista também reconheceu Luís como sendo o autor do roubo.

O preso foi encaminhado para a cadeia Pública de São Carlos.

O taxista de 50 anos disse que não quer mais exercer a profissão, já o outro de 58 anos, disse que em 30 anos este é o primeiro roubo que sofreu. A família estava preocupada pois o taxista é cardíaco e temiam pela sua vida.

(Portal Morada)

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias