Menu
terça, 30 de novembro de 2021
Região

Araraquara lança projeto de descarte de medicamentos

27 Dez 2011 - 10h27

O Projeto Descarte de Medicamentos, iniciativa pioneira da Eurofarma Laboratórios e do Grupo Pão de Açúcar, começa a arrecadar resíduos em Araraquara. A partir deste mês a Drogaria Extra, localizada no hipermercado da rede no centro da cidade, passa a oferecer posto de arrecadação de medicamentos vencidos, fora de uso e de embalagens primárias, mesmo vazias, à população da região.

O programa visa conscientizar o consumidor sobre a importância do destino adequado de embalagens primárias de medicamentos e de medicamentos que estejam fora de uso ou vencidos. O prefeito Marcelo Barbieri recebeu os representantes do Grupo Pão de Açúcar no início de dezembro e conheceu os detalhes do programa desenvolvido pela parceria.

"Esse é um projeto importante, amparado pelo Grupo Pão de Açúcar e Eurofarma e que vai muito além do beneficio ao meio ambiente, pois cuida também da saúde da própria população", observa o prefeito. Ainda de acordo com Marcelo "para Araraquara é uma honra ser escolhida como uma das primeiras cidades do interior paulista a participar da expansão do programa".

Segundo a diretora de Sustentabilidade e Novos Negócios da Eurofarma, Maria Del Pilar Muñoz, o início das atividades em outras cidades demonstra o interesse da Eurofarma e do Grupo Pão de Açúcar em ampliar o programa. "Nosso objetivo é que a expansão se dê em todos os municípios em que as prefeituras apoiem a iniciativa", ressalta.

Para o vice-presidente do Grupo Pão de Açúcar, Hugo Bethlem, ao decidir expandir o programa, as empresas buscavam uma cidade com o perfil adequado e preocupada com o Meio Ambiente. "Araraquara tem essas características e conta com uma população engajada com as políticas ambientais que procurávamos", ressaltou.

"Araraquara é uma cidade importante no cultivo de cana-de-açúcar e laranja e possui cerca de 200 mil habitantes, por isso foi escolhida. Essa é uma região que dará mais força para o crescimento do programa", completa Pilar.

Descarte

Desde que começou, em novembro de 2010, o Projeto Descarte Correto de Medicamentos já arrecadou e fez a destinação final de cerca de 1,8 toneladas de resíduos que são considerados agressivos ao meio ambiente por terem contato direto com substâncias químicas (fármacos).

"É notório que as pessoas estão cada vez mais preocupadas com o meio ambiente. Informar sobre o resíduo perigoso e criar postos para esse tipo de coleta é fundamental para avançarmos", afirma a diretora de Sustentabilidade e Novos Negócios da Eurofarma, Maria Del Pilar Muñoz.

Como descartar medicamentos e embalagens de produtos farmacêuticos:

  • Todos os medicamentos devem ser descartados em sua embalagem original, por exemplo: cartela de comprimidos, vidro de xarope, bisnaga com pomadas e cremes etc; tomando o cuidado de deixar as embalagens sempre fechadas. Não é necessário destacar os comprimidos.
  • Seringas e agulhas também podem ser descartadas. O ideal é a utilização de um recipiente rígido para armazenagem como, por exemplo, latas de achocolatados, eliminando o risco de acidentes.
  • Caixas de medicamentos e bulas (papel) devem ser entregues nas Estações de Reciclagem, uma vez que as mesmas não tiveram contato direto com o medicamento.
Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias