Menu
quarta, 20 de janeiro de 2021
Região

Após vídeo com homens armados em 'fluxo' viralizar, operação policial é realizada em Ibaté

Desde cedo os policiais estão mobilizados na cidade.

28 Dez 2020 - 08h43Por Redação São Carlos Agora
Após vídeo com homens armados em 'fluxo' viralizar, operação policial é realizada em Ibaté -
 

Em uma rápida resposta à sociedade, as forças policiais, com o apoio do Batalhão de Ações Especial de Polícia (BAEP) de Ribeirão Preto realizam na manhã desta segunda-feira (28) uma operação em Ibaté, depois que um vídeo onde jovens aparecem armados em um "fluxo" no Distrito Industrial viralizou nas redes sociais no último final de semana. Pelo menos cinco deles empunhavam pistolas e revólveres e dançavam ao som do "pancadão".

Após ter acesso ao vídeo, a Polícia conseguiu identificar os envolvidos e com o apoio do promotor público, Marco Aurelio Bernarde de Almeida, a Justiça expediu mandados de busca e apreensão.

Em entrevista ao jornalista José Augusto Neto, a comandante da Polícia Militar de Ibaté, capitão Karina Rioli Pavan, contou um pouco sobre a operação. "Planejamos a operação com o apoio do BAEP, do Tático, da Rocam, do coordenador operacional, e prontamente estamos dando uma resposta, para tentar ajudar a sociedade e as pessoas de bem". Sobre o balanço da operação, ela informou que até o momento foram localizadas uma arma, dinheiro e drogas.

Já o investigador Adegas Martinelli disse que após tomar conhecimento do vídeo, a Polícia Civil se empenhou em identificar os individuos e graças ao apoio do Ministério Público foram expedidos os mandados de busca e apreensão. "Os indivíduos que foram encontrados com armas, drogas e produtos de furto, serão autuados em flagrante por receptação, tráfico de drogas e posse ilegal de armas". Em relação aos que aparecem nas imagens, mas não foram localizados durante a operação, serão interrogados e indiciados por associação criminosa, além de responder pelo crime de formação de quadrilha. Adegas também destacou o papel do Ministério Público na operação. "Há que se destacar o apoio brilhante do Ministério Público que rapidamente solicitou os mandados de busca e  apreensão, após identificação dos indivíduos", concluiu.

O coordenador operacional do 38º Batalhão de Polícia Militar, capitão Paulo Nucci, também participou da operação. "Todos nós se revoltamos com esses indivíduos ostentando as armas. Não é assim que funciona e a resposta tem que ser dada a altura", disse. Nucci também fez questão de agradecer o promotor Marco Aurelio Bernarde de Almeida e as equipes de apoio. "Agradecemos o promotor da cidade, que imediato nos atendeu, forneceu alguns mandados de busca e o BAEP e a Força Tática", finalizou.

O SCA apurou que até o momento quatro pessoas foram detidas. Uma arma foi apreendida, além de entorpecentes, dinheiro, celulares de procedência duvidosa e uma bicicleta furtada.

A operação deve continuar ao longo do dia.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias