Menu
quarta, 21 de outubro de 2020
Visita produtiva

Márcio França anuncia R$ 24 milhões em recapeamento para São Carlos

No CPP, governador do Estado firmou convênio de R$ 4 mi e durante pronunciamento revelou mais R$ 20, a pedido de Airton Garcia.

07 Jun 2018 - 13h58Por Marcos Escrivani
Márcio França ao lado de Airton Garcia durante anúncio de R$ 24 milhões em recape para São Carlos - Crédito: Marcos EscrivaniMárcio França ao lado de Airton Garcia durante anúncio de R$ 24 milhões em recape para São Carlos - Crédito: Marcos Escrivani

A vinda do governador Márcio França (PSB) a São Carlos foi positiva e produtiva. Durante cerimônia realizada no final da manhã desta quinta-feira, 7, no salão de eventos do Centro do Professorado Paulista (CPP), ele anunciou que a cidade será beneficiada com recursos da ordem de R$ 24 milhões, que serão destinado para o recapeamento asfáltico.

O governador, inicialmente, assinou um convênio no valor de R$ 4 milhões. Durante pronunciamento, a pedido do prefeito Airton Garcia (PSB), através do programa Desenvolve São Paulo, liberou mais R$ 20 milhões.

“É um pedido especial do meu amigo Airton que estou atendendo e os recursos serão destinados para o recapeamento asfáltico”, disse França.

A SOLENIDADE

O salão de eventos do CPP esteve repleto de autoridades políticas de toda a região central do Estado. Ao todo, entre convênios, foram destinados para prefeitos dos municípios presentes, recursos da ordem de R$ 21,8 milhões.

“Este é o melhor formato de firmar convênios que o Governo pode elaborar. Ao invés dos prefeitos irem até o Palácio dos Bandeirantes, nós viemos até eles, no interior. É a 6ª ou 7ª cerimônia que realizamos. Acredito que desta forma fica mais fácil para os governadores e todos os prefeitos”, garantiu.

TESTE PARA CARDÍACO

França afirmou que está há 60 dias como governador, em substituição a Geraldo Alckmin que renunciou ao cargo para concorrer à presidência da República nas eleições de outubro.

Nestes dois meses disse que sua gestão tem sido teste para cardíaco. “Vivenciamos várias situações graves, mas resolvidas através do diálogo”, disse referindo-se, por exemplo, a greve dos caminhoneiros, onde foi um dos negociadores com o comando da paralisação. “Temos que impor ao Brasil, o padrão São Paulo de administrar. Hoje, há estabilidade financeira e equilíbrio nas contas. Hoje, estamos dialogando e concluindo convênios. Acredito que este é o caminho”, afirmou. “Assim, vamos colocar recursos financeiros nas mãos daquele que melhor administra, que são os prefeitos. Tenho ciência que os municípios estão sem recursos para investimentos e o Governo do Estado tem a obrigação de ajudar. E estamos aqui fazendo nosso papel”, finalizou França.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias