Menu
quarta, 21 de abril de 2021
Indústria

Malabim comenta sobre isenção de impostos fiscais concedida a Tecumseh

16 Dez 2018 - 08h42Por Redação
Malabim comenta sobre isenção de impostos fiscais concedida a Tecumseh - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Na última terça-feira, 11, foi debatida na Câmara Municipal de São Carlos a concessão de isenção anual dos impostos fiscais de natureza municipal a multinacional Tecumseh do Brasil.

Malabim afirma ter respeito e gratidão imensuráveis a empresa Tecumseh do Brasil, haja vista trabalhou por aproximadamente por 20 anos e durante este tempo cresceu profissionalmente e fez amigos dentre os quais, muitos ainda se encontram trabalhando na mesma.  

No que permeia a discussão realizada na última sessão plenária do ano, o parlamentar petebista pontua que é sabido que a empresa Tecumseh do Brasil, na época, para se instalar na cidade obteve determinados incentivos fiscais como à isenção na arrecadação dos impostos municipais, porém, com prazo de isenção pré-determinado. Uma vez terminado este prazo de concessão para isenção tributária, a cada ano, a Prefeitura Municipal de São Carlos emite um novo projeto, para aprovação, com a finalidade de prorrogação de isenção tributária para o próximo ano em exercício. Vale salientar que tais incentivos fiscais acarretam determinados impactos tributários, principalmente no que tange a falta de arrecadação que gera mais de um milhão de reais/ano.

Diante de tal exposto e em contrapartida ao incentivo da isenção fiscal, Malabim propõe a equipe gestora da Tecumseh do Brasil maior iniciativa e preocupação social com os seus colaboradores no sentido de utilizar parte do montante destes recursos fiscais em políticas internas que promovam e preservem empregos, principalmente nas épocas mais difíceis em que ocorre a diminuição na demanda produtiva, ou seja, quando o cenário econômico não for tão favorável. “Assim como nos demais gabinetes, atendo diariamente muitas pessoas, dentre elas conhecidos e amigos que estão à procura de alguma oportunidade de trabalho e grande parte dessas pessoas já foram colaboradoras desta grande multinacional e infelizmente, a maioria justifica seu desligamento pela diminuição da produção”, afirma Malabim.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias