Menu
quinta, 16 de setembro de 2021
Polícia

Três presos rompem tornozeleira eletrônica

25 Dez 2010 - 11h07

Três detentos já foram identificados pela Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) por terem rompido a tornozeleira eletrônica, criada justamente para evitar a evasão do sistema prisional paulista durante as saídas temporárias. Foram registrados casos em São Paulo, Marília e Ourinhos, segundo a Secretaria.

Tanto em Marília quando na zona leste de São Paulo as tornozeleiras foram achadas danificadas e localizadas por meio do sistema de rastreamento. Os equipamentos pertenciam a Jeferson de Oliveira Valério e Gislaine da Silva Souza, que já são considerados foragidos pela polícia.

Em Ourinhos, o preso que retirou a tornozeleira não teve a mesma sorte. Ele soltou o equipamento, mas foi recapturado pela polícia pegando carona em um Toyota Corolla. O detento cumpria pena em regime semiaberto na colônia agrícola de Valparaíso.

Em todo o Estado, são 4.635 presos com o aparelho, dos quais 1.106 são mulheres. Em Araraquara são 149 internos no total. De acordo com a SAP, o objetivo é evitar que os presidiários não voltem à prisão até a data-limite estabelecida pela Justiça. No ano passado, 8,5% dos 23.331 beneficiados não voltaram.

Agência Estado

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias