Menu
sexta, 23 de outubro de 2020
Polícia

Taxista é baleado durante assalto

07 Ago 2009 - 08h46Por Redação São Carlos Agora
O taxista Ademir Francisco de Aguiar, de 54 anos levou um tiro nas costas durante um assalto na noite desta quinta-feira (6). Ele foi contratado por três homens em seu ponto no terminal rodoviário para fazer uma corrida até o Porto Seco da Electrolux, na estrada que liga São Carlos a Ribeirão Preto. Chegando no destino os bandidos anunciaram o assalto e ordenaram para que Aguiar descesse do seu taxi. Logo em seguida eles atiraram. A vítima foi socorrida por um motorista e levada até a Santa Casa e não corre risco de morte.

O assalto aconteceu por volta das 19h20. A equipe de reportagem do São Carlos Agora acompanhou de perto a ocorrência. Aguiar estava com o seu táxi Fiesta Flex, 2007, placas CZB-8670 de São Carlos estacionado em seu ponto no terminal rodoviário. Três homens com mochilas solicitaram uma viagem até o Porto Seco da Electrolux, no trevo de Água Vermelha. Antes eles tentaram contratar o serviço com outros dois taxistas, que se recusaram.

O taxista então seguiu com os três homens até o local combinado. Chegando lá os bandidos anunciaram o assalto. Aguiar foi obrigado a descer e quando se afastava foi atingido por um tiro nas costas. Os assaltantes fugiram com o seu veículo tomando rumo ignorado.

Machucado, Aguiar passou a pedir socorro para motoristas que passavam pela rodovia. Próximo de uma fazenda um homem avistou o taxista deitado e parou para prestar ajuda. Ele socorreu Aguiar em seu veículo e no caminho ligou para a Polícia Militar. Uma viatura da Força Tática aguardou no trevo norte da cidade e dali socorreu a vítima até a Santa Casa de São Carlos.

Aguiar passou por uma cirurgia e permanece internado, porém não corre risco de morte.

A Polícia Militar de São Carlos e região foi mobilizada para tentar localizar os acusados e até o momento nem um deles ou mesmo o carro foram encontrados.

A movimentação dos bandidos foi gravada pelas câmeras de segurança da rodoviária e deverão ajudar a Polícia e identificá-los.

Indultados

A Polícia acredita que o três marginais sejam presos de penitenciárias da região que foram beneficiados pelo indulto do Dia dos Pais e estariam regressando para as suas residências.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias