Menu
quarta, 14 de abril de 2021
Polícia

Sedutor virtual é detido pela Polícia suspeito de tentar extorquir mulher

05 Abr 2019 - 12h23Por Redação
Delegado do 1º DP investiga o caso com cautela. - Crédito: ArquivoDelegado do 1º DP investiga o caso com cautela. - Crédito: Arquivo

A equipe do delegado Maurício Antônio Dotta e Silva do 1º e 4º DPs deteve na manhã de quinta-feira, 4, um autônomo de 43 anos, que atuava nas redes sociais e através do Facebook e WhatsApp, seduzia e marcava encontros com mulheres e após diálogos, conseguia encontros sexuais em motéis de São Carlos.

Os policiais civis começaram a investigar o autônomo na tarde de quarta-feira, 3, após o descobrimento de que seria acusado de extorquir uma mulher que não queria tirar fotos nuas para ele. O delegado diz que o caso está sendo investigado com reservas e que após os primeiros levantamentos deverá encaminhar parte das investigações para a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), pois as supostas vítimas poderão processar o acusado que, a princípio negou a extorsão, mas, não esconde os encontros e diz que somente tem contatos com mulheres e não aceita relacionamento com crianças.

Dotta afirmou ainda que o autônomo confessou que fica durante dia na internet a procura de mulheres solitárias que busca relacionamentos e é justamente neste instante que ele ataca suas supostas vítimas.

O delegado afirmou estar preocupado com as histórias do rapaz que teve seu nome preservado devido não ter sido preso em flagrante. Ele acredita que várias vítimas do autônomo deverão procurar o 1º e 4 º DPs e a partir de novos depoimentos a polícia começará a traçar um perfil do homem que possui passagens pela polícia por agressão a uma mulher (artigo 129), ameaças (artigo 147), também estelionato (artigo 171).

MODUS OPERANDI

Ao São Carlos Agora o autônomo disse que tem uma página no Facebook e através dela inicia o contato com uma mulher e com o tempo solicita o WhatsApp. “Depois, com o passar dos dias peço fotos íntimas (do pescoço para baixo)”, disse. “Elas gostam de mandar as fotos e só saio com maiores de idade”, garantiu.

O acusado salientou ainda que nunca pediu nada em troca para as mulheres com quem se relaciona. “Somente os contatos. Com o tempo cheguei a sair com várias e os encontros eram em motéis. Todas são acima dos 30 anos”, afirmou, salientando que as mulheres é que pagavam a conta quando tinham relações sexuais.

O autônomo afirmou ainda não saber se as mulheres com quem saiu eram solteiras ou casadas e que era aproximadamente uma vez por mês. “Eu nunca perguntei isso. Mas também nunca pedi dinheiro e nunca extorqui ninguém. Os papos estão no Facebook. É só ver”, garantiu, salientando que fica diariamente na internet. “Os relacionamentos são aventuras. A gente vai, fica e depois cada um segue a vida”, disse.

Colaborou Pedro Maciel


comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias