Menu
sexta, 24 de setembro de 2021
Polícia

Polícia vai fazer exame de DNA para tentar descobrir quem matou a estudante Daiane

10 Jan 2011 - 17h28
A Polícia ainda não tem pistas de quem matou Daiane - A Polícia ainda não tem pistas de quem matou Daiane -

A Polícia Civil de São Carlos não avançou nas investigações e segue sem qualquer pista da pessoa acusada da morte adolescente Daiane Maria Camargo Teodoro Reis, de 17 anos. A jovem foi brutalmente assassinada e estuprada, na sexta-feira passada, dentro do apartamento do irmão, no CDHU da Vila Isabel. Ela foi encontrada por familiares caída ao lado da sobrinha de apenas 9 meses, da qual tomava conta. Agora, mesmo sem suspeito para comprovação, a polícia fará um exame de DNA no material genético encontrado na genitália da menina.

Um exame preliminar do Instituto Médico Legal (IML) atestou que, depois de ser amordaçada e ter as mãos amarradas com fios de cobre, Daiane teve o pescoço cortado e foi violentada sexualmente. Peritos recolheram material genético que, a princípio, seria do autor do crime. O delegado Adriano Callsen Alexandrino, do 4º Distrito Policial, acredita que o exame de DNA possa ajudar na investigação caso algum suspeito seja detido. "Vai ser uma prova material importante", diz.

O caso foi registrado como homicídio, porém, existe a possibilidade de ser alterado para latrocínio (roubo seguido de morte). Do apartamento, segundo o delegado, foram roubados um aparelho de DVD e a bolsa da jovem, com um telefone celular. "Não sabemos se esse material foi levado antes ou depois de matarem a estudante. Estamos investigando tudo isso, mas, por enquanto, está difícil conseguir informação", destaca o delegado.

Apesar dos produtos roubados do apartamento do irmão de Daiane, policiais civis trabalham com a possibilidade de crime passional. Por isso, pedirão na Justiça a quebra do sigilo telefônico do celular da estudante. "Vamos tentar descobrir com quem ela conversava na internet, mas se ela não gravou os históricos dos bate-papos isso ficará mais complicado."

Colaborou Cláudio Dias/Araraquara.com

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias