Menu
segunda, 25 de janeiro de 2021
Polícia

Polícia deve exumar corpo de homem que espancava mulher em Santa Eudóxia

29 Jul 2013 - 17h34
0 - 0 -

Auxiliares e legistas do Instituto Médico Legal (IML) devem exumar ainda nesta semana o corpo do pecuarista José Laureano Filho, 48, o "Zezão", que foi morto com uma espingarda calibre 12 pela própria esposa na madrugada do dia 27 de junho, no interior de sua chácara no sub-distrito de Santa Eudóxia.

Segundo um dos policiais civis que trabalha no caso, no dia em que a dona de casa Isabel Cristina Oliveira Laureano, 34, foi detida e acusada de ter atirado e provocado a morte de Zezão, dois filhos do casal que seriam as duas únicas testemunhas do crime, alegaram em depoimento ao delegado Maurício Antônio Dotta e Siva, que o pai tinha um sono leve e afirmam que José Laureano, não teria brigado com a esposa naquela madrugada. Os filhos do agricultor dizem suspeitar que a mãe pudesse ter colocado algo na água ou alimentação de "Zezão", para que ele adormecesse antes de ser morto com um tiro da espingarda que acostumava deixar atrás da porta do quarto, pois já teria vários animais furtados. Após ouvir outras testemunhas o delegado Maurício para eliminar todas as possibilidades de um crime premeditado, o que poderia mudar a situação da dona de casa, representou junto a Justiça Criminal exumação do corpo do agricultor que está sepultado no cemitério municipal de Santa Eudóxia, a qual já foi autorizada e deverá ocorrer ainda nesta semana para que a Polícia Civil através do 1º Distrito Policial conclua o Inquérito Policial (IP).      

A dona de casa Isabel Cristina Oliveira Laureano, 34, que segundo relatou sofria diversas agressões hoje está afastada dos filhos e de São Carlos. Ela aguarda em liberdade o julgamento que poderá ocorrer ainda este ano.    

"Zezão", foi morto por volta das 04 horas da madrugada do dia 27 de junho, em sua chácara, localizada na estrada da Balsa, em Santa Eudóxia.

O filho do casal, um jovem de 16 anos estava dormindo foi despertado pelo tiro disparado pela mãe contra seu pai. Ao averiguar o que ocorria se deparou com José Laureano Filho, caído no chão do quarto do casal com um tiro de calibre 12 na testa e sua mãe fugindo de casa.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias