Menu
terça, 11 de maio de 2021
Polícia

Polícia Civil prende irmãos acusados de participar do crime da família Ratti

22 Jun 2012 - 08h32

A Polícia Civil de São Carlos prendeu na madrugada desta sexta-feira (22) dois irmãos acusados de participar do assalto que terminou na morte da comerciante Aparecida Conceição do Prado Ratti, 50, no dia 11 de março, no Jardim Cruzeiro do Sul. Os acusados estavam escondidos em uma casa alugada na rua 83, bairro Cidade Aracy.

Vários policiais foram envolvidos na operação que contou com apoio da DIG, DISE e do Grupo de Operações Especiais (GOE). Por volta das 6h eles cercaram o imóvel e conseguiram prender J.T. (Jé), de 26 anos e I.E.T., (Dú), de 20 anos. Os acusados não ofereceram resistência, segundo a polícia. Toda a ação foi comandada pelo delegado Edmundo Ferreira Gomes.

Dentro da casa foram localizados um revólver calibre 38, munições, celulares e dinheiro.

O Conselho Tutelar também foi acionado, pois havia crianças no imóvel.

Os dois suspeitos foram encaminhados até o Centro de Triagem, onde estão presos preventivamente até o término das investigações.

Terceiro envolvido morto

O terceiro acusado pela participação no crime foi morto na noite do dia 8 ao trocar tiros com policiais da Força Tática. Erivaldo José Silva, de 27 anos, o galego, foi encontrado em uma casa na rua Pernambuco, Jardim Gonzaga. Ele correu em direção a uma mata e atirou contra os policiais. O suspeito chegou a ser socorrido, mas morreu ao dar entrada na Santa Casa.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias