Menu
sexta, 05 de junho de 2020
Polícia

Polícia Civil esclarece misterioso furto de dinheiro em atacadista de São Carlos

24 Jul 2014 - 09h27
Parte do dinheiro furtado foi recuperado pelos policiais. - Parte do dinheiro furtado foi recuperado pelos policiais. -

O 1º Distrito Policial conseguiu desvendar o misterioso desaparecimento de dinheiro que vinha ocorrendo no interior de um atacadista no Jardim Novo Horizonte, em São Carlos. O delegado Maurício Antonio Dotta e Silva informou que na sexta-feira (18) tomou ciência do crime e passou a investigá-lo em sigilo e na manhã de ontem seus policiais realizaram uma rápida análise chegando a um dos encarregados do setor de manutenção do prédio.

O funcionário conseguiu executar o crime de uma forma que até mesmo o sistema de câmeras instalado na parte interna da empresa fosse incapaz de identificar o autor do furto.

O furto foi percebido no último sábado (19) por funcionários que realizavam a conferencia do dinheiro arrecadado dos caixas. O dinheiro chega ao cofre por meio de cápsulas que são enviadas através de tubulações. Eles verificaram que estavam faltando quatro cápsulas com R$ 22.700,00.

Nem mesmo com todo o sistema de monitoramento de câmeras foi possível detectar o misterioso desaparecimento das cápsulas. Até o final da tarde de terça-feira (22) a empresa que realizava um levantamento sigiloso entre os funcionários não conseguiu descobrir como o dinheiro teria desaparecido.

Nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira ao ser alertado sobre o caso o delegado Maurício Dotta  seguiu para empresa para averiguar o misterioso crime e após várias horas os policiais civis acabaram descobrindo que antes das cápsulas chegarem até o cofre alguém teria desviado o sistema e subtraído o dinheiro.

Conversando com os funcionários os policiais acabaram chegando ao encarregado do sistema de refrigeração e eletricidade do prédio, que inicialmente negou a pratica do crime, porém após uma longa conversa com o delegado ele resolveu colaborar e acabou admitindo o crime dizendo que estaria passando por dificuldades financeiras. Ele também apontou um ponto na região do bairro Santa Felícia onde escondeu parte do dinheiro.

No local os policiais acabaram localizando R$ 3.650,00 que foi encaminhado ao 1º Distrito Policial e depois devolvido à empresa.
O encarregado foi indiciado pelo crime de furto qualificado e liberado por não possuir antecedentes criminais e ter colaborado com as investigações.

Pedindo anonimato um representante da empresa informou que o encarregado poderia ter levado o problema à direção para tentar um acordo e desta forma sanar seus problemas. Sobre a demissão do encarregado, o representante da empresa informou que o Departamento de Recursos Humanos (DRH) deverá tomar as devidas providências cabíveis.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias