Menu
segunda, 17 de maio de 2021
Polícia

"O maior patrimônio da minha padaria são os clientes", diz dona de padaria

02 Ago 2012 - 17h52

Na reportagem veiculada na última terça-feira (31), sobre um suposto caso de racismo que teria acontecido dentro de uma padaria na região do terminal rodoviário, W.F.S., de 29 anos, alegou que por causa da sua cor negra foi impedido de entrar no estabelecimento. Ele esteve no plantão policial, mas nenhum boletim de ocorrência foi registrado nestes termos.

Representantes da padaria entraram em contato com a nossa redação para esclarecer o fato. Segundo a proprietária que não quis se identificar, o que o rapaz declarou à nossa reportagem não é verdade. O tratamento que ele recebeu foi exatamente igual ao de qualquer outro cliente. A prova disso foi as imagens captadas pelas câmeras de segurança do local.

Ela reforça ainda que o maior patrimônio da sua empresa são os seus clientes, que busca tratá-los da melhor forma possível, independente de cor, raça ou religião.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias