Menu
sexta, 07 de maio de 2021
Polícia

Nove pessoas são baleadas e cinco morrem em Ribeirão Preto

19 Out 2012 - 22h41
Foto: F.L.Piton / A Cidade/Colaboração - Foto: F.L.Piton / A Cidade/Colaboração -

Ribeirão Preto enfrentou uma tarde violenta nesta sexta-feira (19), com nove pessoas baleadas e cinco mortos na zona Norte da cidade.

Na primeira ocorrência, mãe e filho foram baleados por volta das 14h na esquina das ruas Rio Maroni e Bahia, no Ipiranga.

Amauri Mendes Ribeiro, de 30 anos, morreu no local, executado com oito tiros de pistola calibre 380. Ele cumpria pena na penitenciária de Bauru, de onde saiu na manhã de hoje. Ele e a mãe, Vera Mendes, chegavam em casa quando foram abordados por homens armados, que ocupavam um Honda Civic preto.

A mãe foi atingida na coxa e socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para Santa Casa, sem risco de morte.

Casos relacionados

Pouco mais de uma hora após a ocorrência no Ipiranga, às 15h15, cinco pessoas foram baleadas e três morreram na avenida Demétrio Chaguri, no bairro Quintino Facci II.

Dois homens que chegaram em uma motocicleta entraram em um bar e abriram fogo contra as pessoas que estavam no estabelecimento, conhecido como ponto de tráfico de drogas. Mateus Pereira Guilhermeti, 21, Rogério Castiglioni, 30, e Tadeu João Braz da Silva, 16, morreram no local.

Luiz Gustavo Bazo de Souza, 22, e sua esposa, Livia Maria da Silva Mota, 23, ficaram feridos. Livia levou dois tiros de pistola 9 milímetros na barriga. Luiz Gustavo foi atingido nas costas por dois disparos. Eles foram socorridos pelo Samu.

A primeira informação era de que Livia estaria grávida, mas a Santa Casa informou que não há gravidez. O estado de saúde dela é considerado bom, de acordo com o hospital. Já Luiz Gustavo também não corre risco de morte.

Poucos minutos depois, mais duas pessoas foram baleadas e uma morreu na avenida José Benelli, no Parque Avelino Palma.

O adolescente Washington Luiz Fabrício, 16, faleceu no local do crime. Eduardo Alves Boldrin, 22, foi levado para o Hospital São Francisco, também sem risco de morte.

Testemunhas informaram que duas pessoas em uma motocicleta passaram atirando pelo local.

A polícia acredita que exista relação entre os dois últimos casos, devido à proximidade das ocorrências e o calibre da arma.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias