Menu
domingo, 09 de maio de 2021
Polícia

Motorista de ônibus é morto a tiros em Araraquara

30 Set 2012 - 11h22Por Claudio Dias/Araraquara.com

O motorista Fabiano Humberto Alves, de 32 anos, foi assassinado, na manhã deste domingo, ao ser baleado dentro do ônibus em que trabalhava na Avenida Luis Alberto, no Jardim das Roseiras, em Araraquara. O autor entrou no coletivo simulando ser um passageiro e atirou.

Havia uma mulher e uma criança dentro do ônibus da Companhia Troleibus Araraquara (CTA), que levava os passageiros até a nova Unidade Pronto Atendimento (UPA) da Via Expressa. As testemunhas contaram somente ter visto um homem, branco, magro, fazer sinal de parada. Alves obedeceu e encostou sem saber que se tratava de uma armadilha.

 Segundo a Polícia Científica foram três disparos. Um deles atingiu um dos braços do motorista, provavelmente em uma tentativa desesperada de se defender. Os outros dois feriram Alves na cabeça.

Ele morreu na hora. O acusado fugiu a pé em direção a Fonte Luminosa. O coletivo ficou parado no ponto e, no local, além do corpo do motorista, dava para ver o vidro quebrado com os tiros e o ônibus cercado por viaturas da Polícia Militar, Guarda Municipal e agentes de trânsito.

Para o delegado Elton Hugo Negrini, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), os tiros foram dados à queima-roupa e a principal suspeita é que o crime tenha motivação passional e não tenha sido um latrocínio (roubo seguido de morte). O motorista trabalhava há quase nove anos na empresa e não estava em nenhuma linha fixa.

Fabiano Humberto Alves morava no Jardim Popular, na região do Yolanda Ópice. Antes de trabalhar como motorista da CTA foi mototaxista. Alguns amigos de trabalho apareceram na Avenida Luis Alberto, em meio a movimentação policial, contando que o colega estava sofrendo com problemas psicológicos e já havia pedido um atendimento especializado

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias