Menu
domingo, 18 de agosto de 2019
No Itaipu

Médico oftalmologista morre após ser encontrado baleado no banheiro de casa

14 Ago 2019 - 07h51Por Redação São Carlos Agora
Médico oftalmologista morre após ser encontrado baleado no banheiro de casa - Crédito: Arquivo/SCA Crédito: Arquivo/SCA
Na tarde desta terça-feira (13) o SAMU foi acionado para atender um homem que estava baleado no banheiro de uma residência na Alameda Apeaça, no Parque Itaipu. Todos os esforços foram aplicados para que o baleado Dr. Jony Casale Rossit, de 44 anos, não viesse a óbito, mas infelizmente ele acabou falecendo na Santa Casa.
 
Na residência onde aconteceu a morte os policiais encontraram uma pistola 765 com a numeração suprimida e munições. A tia da vítima informou que há 10 dias encontrou outra pistola 765 na residência do médico e guardou em sua residência. Prontamente ela entregou a arma aos policiais
 
As duas armas foram apreendidas pelo delegado Caio Iberê no Plantão da Seccional de Polícia.

De acordo com a irmã de Jony, ele sofria de esquizofrenia e estava em processo de tratamento. O caso foi registrado como suicídio na delegacia.

O médico era bastante querido entre os colegas de profissão e já havia trabalhado na UPA e no Hospital Universitário. Seu corpo será encaminhado para Ribeirão Preto, onde será cremado. 

Como ajudar e prevenir o suicídio

Quando se suspeita que alguém pode estar com pensamentos suicidas, o mais importante é demostrar amor e empatia por essa pessoa, tentando entender o que está acontecendo e quais os sentimentos associados. Por isso, não se deve ter medo de perguntar para a pessoa se ela está se sentindo triste, deprimida e, até se está pensando em suicídio.

Depois, deve-se procurar ajuda de um profissional qualificado, como um psicólogo ou psiquiatra, para tentar mostrar à pessoa que existem outras soluções para o seu problema, que não o suicídio. Uma boa opção é ligar para o Centro de Valorização da Vida, ligando para o número 188, que se encontra disponível 24 horas por dia.

As tentativas de suicídio são, na maioria das vezes, impulsivas e, por isso, para prevenir uma tentativa de suicídio também se deve retirar todo o material que possa ser utilizado para se suicidar, como armas, comprimidos ou facas, dos locais onde essa pessoa passa mais tempo. Isto evita comportamentos de impulsividade, fazendo com que se tenha mais tempo para pensar numa solução menos agressiva para os problemas.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias