Menu
quarta, 28 de julho de 2021
Polícia

Julgamento de homem que matou e queimou universitária acontece hoje

27 Out 2011 - 09h35
0 - 0 -

Nesta quinta-feira (27), o ex-segurança Dorival Aparecido Morelli de 30 anos, que matou e queimou sua mulher por ciúmes , a jovem universitária Elaine Cristina Assandre de 29 anos deverá ser julgado pelo Tribunal de Júri de São Carlos.

O crime ocorreu no dia 14 de maio de 2011, onde o corpo da vítima foi encontrado por volta das 8h por um vizinha que passava por um trecho de terra da avenida Trabalhador São-Carlense, atrás do antigo hotel Estância Suiça.

A primeira equipe de policiais militares a chegar ao local encontrou o corpo ainda pegando fogo.

Em poucas horas a equipe da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) esclareceu a morte da estudante de educação física. Morelli confessou o crime aos policiais que  passaram a acompanhar o caso.

Durante diligências na casa do casal, na rua Giusepe dos Santos, no bairro Vila São José, os policiais encontraram marcas de sangue no carro da estudante, um Monza prata. Dentro do imóvel um bilhete sobre o rompimento do relacionamento entre eles foi encontrado.

Morelli já estava detido na delegacia depois que os policiais descobriram que ele estava sendo procurado pela Justiça por não pagar pensão alimentícia.

Acompanhe a reportagem em vídeo produzido no dia do crime:

http://www.youtube.com/watch?v=-Gw93LTP4uc

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias