Menu
quinta, 25 de fevereiro de 2021
Polícia

Jovem acusado de participar da morte do soldado Santi é solto após apresentar álibi

16 Out 2012 - 13h36
Doutor Edmundo, disse que por hora, descartou a participação do suspeito na morte do soldado Santi. - Doutor Edmundo, disse que por hora, descartou a participação do suspeito na morte do soldado Santi. -


O jovem de 21 anos que era suspeito de ter participado da morte do policial militar Marco Aurélio de Santi, 45, no dia 14 de setembro no bairro Jacobucci foi solto pela Justiça depois de ficar 30 dias preso temporariamente.

Ele também pagou uma fiança de pouco mais de R$ 12 mil pelo crime de receptação de veículo roubado. O Honda Civic dele foi localizado na mesma manhã do crime em um lava rápido na Vila Santo Antônio. A polícia descobriu que o carro havia sido tomado de assalto no dia 11 de junho em Limeira e estava adulterado.

Sobre o envolvimento na morte do PM, o delegado da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), Edmundo Ferreira Gomes, disse que ele apresentou um álibi consistente, que por ora, afasta sua participação no crime.

Segundo Ferreira Gomes, o jovem alegou que na noite anterior dormiu na casa da namorada e por volta das 8h30 do dia 14 de setembro deixou o carro no lava-rápido, inclusive ele chegou a fazer três ligações neste horário pedindo para a namorada ir buscá-lo. Santi foi morto por volta das 9h20.

O delegado informou que o outro jovem de 26 anos, também suspeito de participar da morte do PM, que foi preso no dia 27 de setembro, permanece temporariamente recolhido no Centro de Triagem. A polícia informou que contra ele existe material mais consistente sobre o seu envolvimento no crime.

Ferreira Gomes concluiu dizendo que a sua equipe está empenhada em desvendar o assassinato do soldado Santi e que nas próximas semanas deve ter novidades sobre o caso.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias