Menu
segunda, 21 de junho de 2021
Polícia

Homem que matou vigilante após briga de trânsito mora em São Carlos

Crime aconteceu na manhã desta quarta-feira, no Centro de Araraquara.

12 Mai 2021 - 20h27Por Redação São Carlos Agora
Homem que matou vigilante após briga de trânsito mora em São Carlos - Crédito: Balda News Crédito: Balda News

O homem que matou um vigilante de 49 anos com golpes de facão na manhã desta quarta-feira (12), no Centro de Araraquara, informou à Polícia ser morador na rua Antonio Pereira, no Jardim Zavaglia, em São Carlos. Ele foi autuado pelo crime de homicídio.

De acordo com o boletim de ocorrência o qual o SCA teve acesso, policiais militares foram informados que na avenida Prudente de Moraes, havia um homem que havia sido atingido por vários golpes de facão e que o autor havia se evadido em uma caminhonete S10 com placas de Matão.

Na via Expressa, os PMs avistaram a picape e realizaram a abordagem. Antonio Welton Alves Vieira que estava no volante, ao lado da companheira, assumiu o crime, dizendo que o facão havia sido deixado perto de onde ocorreu o homicídio.

Aos policiais, Antonio disse que desferiu os golpes de facão contra o vigilante Daniel Elias Greco, pois foi ofendido por ele durante uma discussão no trânsito.

Câmeras de segurança registraram o momento em que Antonio aguardou na calçada, logo após a discussão, e, quando a vítima se dirigia até o seu veículo a atacou pelas costas. Daniel ainda caminhou alguns metros, onde caiu. Em seguida recebeu mais golpes de facão -dezoito no total.

Aos policiais civis, a mulher de Antonio, que ficou aguardando na caminhonete, contou que estavam a caminho da CPFL, quando o marido parou a picape para pedir informações. Neste momento o vigilante teria parado logo atrás e teria começado a xingar e a buzinar. A testemunha disse ainda que viu Daniel puxar algo semelhante a uma arma de fogo. Em seguida, Antonio achou um local para estacionar e o vigilante parou o veículo logo atrás.

Depois disso desceu do veículo e visualizou a vítima caída com ferimentos e transtornada passou a caminhar pelas ruas, até ser encontrada pelo marido que já estava com a  caminhonete. Depois, subiu na picape e logo em seguida o carro foi abordado pela PM.

Daniel chegou a ser socorrido com vida até o hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Já Antonio foi levado até a delegacia, onde foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio e recolhido a uma cadeia da região. A esposa dele foi liberada após prestar depoimento. 

A PM não encontrou nenhuma arma que pudesse ser do vigilante e que teria sido usada para ameaçar o casal. 

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias