Menu
quinta, 29 de julho de 2021
Polícia

Homem que matou a companheira na frente da neta de 9 anos é condenado a 12 anos de prisão

Crime aconteceu em setembro do ano passado, no Castelo Branco.

22 Jul 2021 - 08h05Por Redação São Carlos Agora
Local onde ocorreu o crime. No detalhe a aposentada que foi morta a facadas pelo companheiro. - Crédito: divulgaçãoLocal onde ocorreu o crime. No detalhe a aposentada que foi morta a facadas pelo companheiro. - Crédito: divulgação

Foi condenado a 12 anos de prisão em regime fechado o homem que matou a companheira a facadas na madrugada do dia 11 de setembro do ano passado. O crime aconteceu na rua José Fontora Costa, Castelo Branco.

Aparecida de Fátima Poli Gambim, de 60 anos, foi  assassinada na frente da neta de 9 anos.

O julgamento de José Carlos Donizete de Almeida aconteceu nesta quarta-feira (21), no Fórum Criminal de São Carlos. O delegado Gilberto de Aquino e os dois policiais militares que atenderam a ocorrência participaram como testemunhas.

Os jurados reconheceram as qualificadoras do recurso. Uma é que a vítima não teve como se defender do agressor e outra é a de feminicídio.

José Carlos segue preso no sistema carcerário onde irá cumprir o resto da pena.

O crime

Por volta da 1h os PMs Ludugerio e Lanceri estavam a caminho de uma ocorrência quando no caminho foram interceptados por um motociclista que informou que na rua José Fontora Costa, uma criança havia saído de uma casa gritando e pedindo por socorro.

Imediatamente a equipe se deslocou até o local e encontrou José Carlos Donizete de Almeida ainda no portão, muito nervoso. Ele informou que havia desferido golpes de faca contra a sua companheira.

Os policiais entraram na casa e encontraram a mulher caída na cozinha, sangrando e com uma faca cravada no peito.

O Samu foi acionado, porém Aparecida de Fátima Poli Gambim, morreu antes da chegada do socorro.

Consta no boletim de ocorrência que a vítima vivia com José Carlos há quatro anos e eles estavam em processo de separação. A neta de 9 anos contou que viu os a avó e a companheiro discutirem, pois José Carlos teria ido ao bar tomar cerveja. Ao ser repreendido pela mulher, ele teria desferido tapas no rosto dela.

Em seguida José Carlos foi até a cozinha e pegou uma faca. A neta gritou com ele e foi ameaçada. Na sequencia José Carlos cravou a faca no peito de Aparecida. 

Em seguida a criança correu para o quarto e quando voltou para a cozinha tentou puxar a avó que ainda gemia e retirar a faca, mas não conseguiu. Vendo bastante sangue e assustada, a neta saiu pedindo socorro, sendo avistada pelo motociclista. Em seguida ela foi até casa dos tios que fica nas proximidades e contou o ocorrido. 

 

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias