Menu
quinta, 06 de agosto de 2020
Polícia

Funcionário público acusa esposa de sequestro e cárcere privado

07 Dez 2019 - 08h17Por Redação São Carlos Agora
Imagem Ilustrativa - Crédito: DivulgaçãoImagem Ilustrativa - Crédito: Divulgação

Um funcionário público estadual que trabalha na área da segurança pública esteve nesta semana no 3º Distrito Policial para relatar um sequestro que teria sofrido no final do mês passado. Ele acusa a esposa, da qual está se separando.

Segundo os registros policiais, o homem de 53 anos relatou que está em processo de separação litigiosa e atualmente reside com a esposa e os filhos no bairro Santa Paula. Na madrugada do dia 27 de novembro dois homens invadiram a casa e o amarraram. Posteriormente foi sedado. Em seguida foi colocado em um carro e ao recobrar os sentidos constatou que estava internado em uma estância terapêutica na cidade de Analândia.

Relata que passou a receber medicamentos. Dois dias depois não foi mais medicado e passou a entender que foi internado compulsoriamente e acusa a esposa de ter planejado tudo.

No boletim de ocorrência o funcionário público descreveu que a própria esposa, o cunhado e o sogro foram buscá-lo na clinica. Depois do fato saiu de casa e está morando em outro local. Ele acusa a esposa de se apoderar do seu cartão bancário sem autorização e utilizá-lo para fazer várias compras.   

A vítima ressalta que não existe nenhum documento que determine sua internação compulsória.

Um boletim de ocorrência de sequestro, cárcere privado e furto foi registrado pela Polícia Civil.

Abaixo entrevista da vítima ao repórter Pedro Maciel

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias