Menu
terça, 20 de outubro de 2020
Suspeito matou a mãe em 2000

DIG prende homem acusado de espancar e estuprar mulher na Vila Rancho Velho

06 Jun 2018 - 18h15Por Redação São Carlos Agora
DIG prende homem acusado de espancar e estuprar mulher na Vila Rancho Velho - Crédito: Maycon Maximino Crédito: Maycon Maximino

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) esclareceu um bárbaro crime que aconteceu em outubro de 2017 em uma casa na rua Treze de Maio, na Vila Rancho Velho, onde uma mulher de 53 anos foi brutalmente espancada e estuprada.

O acusado, é um homem, de 38 anos, que no ano de 2000, matou a própria mãe e foi condenado a 10 anos de prisão, porém ganhou a liberdade cinco anos depois.  

A vítima, residia sozinha e foi encontrada com vários ferimentos na cabeça, onde foi encaminhada pelo SAMU até a Santa Casa, e permaneceu internada por vários dias. Ela ficou com graves sequelas e hoje vive em estado quase vegetativo.

O laudo do Instituto Médico Legal (IML) apontou que havia espermatozóide na vagina da vítima.

Após um longo período de investigação, a equipe do delegado Gilberto de Aquino, investigadores Marco Antonio e Marcos Falvo chegou até José Geraldo Nagasko Damaceno. Ele foi encontrado em Ribeirão Preto, onde residia, atualmente.

Segundo a polícia, para agredir a vítima, ele usou um transformador elétrico.

O acusado, entrou na residência para ver uma geladeira que ela estava doando e aproveitou a situação para estuprá-la.

José Geraldo, teve a prisão temporária, decretada pela Justiça e está preso no Centro de Triagem.


Delegado Gilberto de Aquino: Mais um caso esclarecido pela competente equipe da DIG.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias