Menu
sexta, 15 de janeiro de 2021
Polícia

DIG esclarece tentativa de homicídio contra auxiliar no Santa Felícia

12 Dez 2011 - 17h55Por Danilo Moreno
Delegada Denise Gobbi Szakal: mais um crime esclarecido pela DIG. - Delegada Denise Gobbi Szakal: mais um crime esclarecido pela DIG. -

Na tarde dessa segunda-feira (12), a delegada Denise Gobbi Szakal, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) convocou a imprensa para anunciar o esclarecimento de uma tentativa de homicídio contra o auxiliar de produção R.L. de 22 anos, que aconteceu no dia 10 de novembro, na rua Albino Triques, Santa Felícia. Dois homens participaram da ação e um deles já está preso.

De acordo com a delegada, um dos acusados, A.P.S. de 21 anos, era foragido da penitenciária de Guarei e ex-amásio da namorada da vítima. Ele saiu de indulto no dia dos pais e não retornou. Era ele quem pilotava a motocicleta usada para ir até o local dos fatos.

O rapaz foi preso em flagrante pela Polícia Militar no último dia 8, porém no Plantão Policial ele tentou enganar os policiais informando o nome do irmão. Após investigações da DIG, ele acabou sendo reconhecido através de fotos pela vítima.

O outro acusado é E.D.F.M., de 18 anos, que segundo o auxiliar estaria na garupa da moto e teria efetuado os disparos. No dia 14 de novembro a PM apreendeu na casa dele algumas munições de calibre 38, que a delegada acredita ser as mesmas usadas para atingir o auxiliar. Esse último suspeito está foragido, mas já teve a prisão provisória expedida pela Justiça.

O crime

Carro do auxiliar foi atingido por tiros. (foto: Vinicius Neo/SCA)A tentativa de homicídio aconteceu por volta das 2h15. R.L. estava no interior de seu carro, um Vectra GL, quando dois homens em uma moto pararam ao lado do vidro do passageiro e o garupa, sem dizer nada abriu fogo contra a vítima.

Um dos disparos chegou a atingir o braço direito de R. que se abrigou no banco traseiro do carro para tentar se proteger dos tiros. Esgotados os disparos, os criminosos ainda jogaram pedras e tijolos contra o veículo e em seguida evadiram-se do local.

Diante dos fatos, vítima acionou a Policia Militar que também acionou o Samu e encaminhou R. à Santa Casa de São Carlos. Ele passou por uma cirurgia para a retirada do projétil que ficou alojado no braço.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias