Menu
sábado, 31 de outubro de 2020
Polícia

DIG esclarece latrocínio contra o gerente Ruy Malmegrim

22 Mai 2009 - 17h49Por Redação São Carlos Agora
Policiais civis da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) em conjunto com a DIG de Jaú e Franca conseguiram esclarecer o latrocínio contra o gerente Ruy Nery Malmegrim, de 59 anos, ocorrido no dia 6 de agosto do ano passado na Getúlio Vargas. Três homens são acusados pelo crime. A Polícia tenta descobrir quem foi o autor do disparo.

Os policias tiveram acesso às filmagens da agência bancária onde Malmegrim realizou um saque. Nela é possível perceber claramente a presença do assaltante Marcelo Tartarini, de 35 anos observando os passos da vítima.

O primeiro integrante da quadrilha a ser preso foi Eduardo Alvarenga Zucco, de 37 anos, em novembro de 2008. Ele tentava praticar um roubo na cidade de Jaú e portava um revólver. Segundo a Polícia, ele esteve em São Carlos dois dias antes do crime, observando a empresa onde Malmegrim trabalhava, no Jardim São Paulo. Ele também é apontado como o homem que pilotava a CB 500 na ocasião.

A quadrilha era bem organizada, inclusive utilizavam adesivos que simulavam a placa com números e o lacre para despistar a Polícia. Logo após os crimes, os bandidos costumavam guardar a motocicleta em uma Van Ducato branca, para dificultar a localização por parte da Polícia.

Tartarini, que já tem seis passagens pela Polícia pelo crime de homicídio foi preso na companhia de Olivino Sales Filho, de 46 anos, que já foi preso 16 vezes por roubo. Eles se preparavam para cometer mais um assalto, quando foram presos pela DIG de Franca.

Todo o trabalho de investigação foi coordenado pelo delegado Geraldo Souza Filho e a delegada Denise Gobbi Szakal. Souza Filho ressaltou que durante meses a sua equipe trabalhou duro para esclarecer este crime e se diz muito satisfeito. “Não vamos trazer a vida do Malmegrim de volta, mas pelo menos estes vagabundos vão apodrecer na cadeia”, concluiu o delegado.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias