Menu
sexta, 06 de agosto de 2021
Polícia

DIG esclarece assassinato no Cidade Aracy

08 Fev 2012 - 09h28Por Tiago da Mata
Edmundo Ferreira Gomes: mais um caso esclarecido pela DIG. - Edmundo Ferreira Gomes: mais um caso esclarecido pela DIG. -

O Delegado Titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), o Dr. Edmundo Ferreira Gomes, concedeu na tarde de terça-feira (7) uma entrevista coletiva à imprensa para falar sobre o esclarecimento do caso do homem encontrado morto no lixão do Aracy, no dia 29  de Janeiro

Segundo o delegado, no dia do crime, José Alexandre de Oliveira Santos, 28 anos, saiu de uma pizzaria, onde fazia “bico” e se dirigiu a uma casa no Cidade Aracy, onde costumava se reunir para conversar, beber e consumir drogas em companhia de outras pessoas.

Em certo momento os freqüentadores começaram a discutir dentro da casa e Santos acabou sendo brutalmente agredido e esfaqueado por três pessoas, entre elas o proprietário da residência.

Depois de ter sido morto, os envolvidos amarraram o corpo e o enrolaram em um tapete e o deixaram dentro do imóvel. Passado algum tempo um dos envolvidos saiu para encontrar alguém para desovar o corpo.

Para levar o corpo até o lixão, que fica a mais ou menos 800 metros da casa, foi usado o Passat (amarelo antigo) de um dos acusados. O corpo foi colocado no porta-malas e levado até o local durante a madrugada.

Motivação do Crime

Segundo informações obtidas, a vítima trabalhava fazendo “bico” na pizzaria, e o mesmo começou a fornecer pizza para policiais militares que trabalhavam no bairro e estes permaneciam algum tempo parados no local, o que segundo algumas pessoas, estava atrapalhando a vida de usuários de drogas na região.

Identificação

Os que participaram do homicídio são: Sergio Henrique dos Santos, 28 anos, vulgo Paulista, que está foragido; Fernando Correia, 33 anos, dono da casa onde aconteceu o homicídio, está preso; Juliano Teixeira Soares, 28 anos, está detido e Anselmo José do Carmo Ferrreira, 28 anos, que não participou do homicídio, mas ajudou na remoção do corpo. Este também se encontra preso.

Desfecho do Caso

Segundo o delegado, as investigações ainda não estão encerradas, falta identificar mais dois acusados e apurar alguns detalhes.  “O que temos na mão é o seguinte: A identificação de todos aqueles que estão diretamente envolvidos no crime. Dois estão detidos. Então encaminhei o pedido de prisão temporária para a Justiça e estou aguardando uma resposta, que certamente vai sair. Tem mais um aqui, que é o que ajudou na remoção do cadáver, que está detido aqui também. E tem um foragido, que é o vizinho da casa (local do crime). Foragido, mas já estamos no encalço. Portanto quatro estão identificados, três estão detidos e um foragido, agora falta identificar outros dois. Um seria o dono do Passat e o outro um sujeito que estaria com ele e ajudou desovar o corpo, mas estes não estariam ligados diretamente no homicídio, eles prestaram auxilio após o homicídio”. Ressaltou o Dr. Edmundo.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias