domingo, 23 de janeiro de 2022
Combate à criminalidade

DIG descobre suposto “QG” de quadrilha que estaria roubando e furtando caminhonetes em São Carlos

Uma Hilux roubada durante outro assalto a residência da Bela Vista, foi recuperada pelos investigadores

01 Dez 2021 - 14h26Por Redação
Em uma casa no Santa Angelina, DIG localizou uma caminhonete roubada - Crédito: DivulgaçãoEm uma casa no Santa Angelina, DIG localizou uma caminhonete roubada - Crédito: Divulgação

A Delegacia de Investigações de Investigações Gerais (DIG) de São Carlos conseguiu na tarde desta terça-feira, 30, localizar no Jardim Santa Angelina, região oeste, um “quartel general” de uma quadrilha que estaria roubando e furtando caminhonetes em São Carlos.

O delegado João Fernando Baptista que está a frente dos trabalhos informou que um dos chefões da quadrilha já está identificado e disse ainda que o local encontrado por seus investigadores estaria sendo usado para possíveis encontros de marginais do crime organizado de furto e roubos de veículos em São Carlos. Uma caminhonete Hilux, roubada durante outro assalto a residência da Bela Vista, que seria levada para fora de São Carlos, foi recuperada por investigadores da DIG.

ROUBO DE CAMINHOINETE E RESIDÊNCIA

Segundo apurado pela reportagem do São Carlos Agora, na noite da última sexta-feira, 26, por volta das 22h, uma quadrilha composta por quatro homens, todos armados com revólveres, tomaram de assalto um aposentado de 70 anos e seu filho, um engenheiro agrônomo de 43 anos, quando ele abria a porta da sala da residência, localizada na rua Quintino Bocaiuva, na Bela Vista. Naquela noite toda família foi dominada pelos bandidos que trancou as pessoas em um banheiro e após carregar a Hilux branca, com placas de Itumbiara/GO, com uma mala náutica, um celular e aproximadamente R$ 1 mil, fugiram tomando rumo ignorado.

A Polícia Militar foi chamada e alertou sobre o roubo de mais uma caminhonete e residência em São Carlos, bem como encaminhou as informações à Central de Polícia Judiciária (CPJ) que registrou o crime e encaminhou todas informações à Delegacia de Investigações Gerais (DIG), para apurações do fato.

MODUS OPERANDI

Iniciando os trabalhos na segunda-feira, 29, o delegado João Fernando Baptista, reuniu seus investigadores e passou a analisar o roubo na residência da Bela Vista, bem como o modus operandi da quadrilha que vem sendo praticamente o mesmo de outros roubos, onde as vítimas são amarradas ou outras trancadas em um dos cômodos da residência e ainda os marginais estariam levando caminhonetes, sendo elas Toro, S-10, Ranger e a mais preferida dos ladrões seriam as caminhonetes Hilux, que estariam uma parte sendo desmontadas para reposição de peças no paralelo (mercado clandestino), ou as mesmas tem suas placas duplicadas (transformadas em dublê), para que as mesmas sem problemas em rodovias cheguem até alguns estados brasileiros e a fronteira com o Paraguai, onde estariam sendo modificadas e remarcadas para revenda de volta no Brasil.

QG 

No final da manhã de terça-feira, 30, após várias diligências os investigadores da DIG teriam se concentrado em alguns pontos de São Carlos, sendo um deles foi justamente na região do bairro Santa Angelina, onde cerca de quatro veículos e caminhonetes roubadas e furtadas, teriam sido localizadas. Nas investigações os policiais civis descobriram que estranhamente a residência nº 95 da rua Joviano Alves Margarido, no conjunto residencial Santa Angelina, as pessoas responsáveis pela casa tiveram o trabalho de lacrar o portão e colocar uma lona para impedir que de fora pessoas não soubessem o que estaria se passando no local, bem como os policiais da DIG descobriram que costumeiramente pessoas estranhas estariam visitando o imóvel e que aparentemente fariam encontros de pessoas para tratar de algo que ninguém soube precisar o que seria, mas o investigadores acreditam que seriam uma espécie de Q.G., para reuniões de elementos ligados ao crime organizado de roubo e furto de caminhonetes.

CAMINHOINETE HILUX

Diante dos levantamentos os investigadores da DIG permaneceram no local ainda por cerca de duas horas e por volta das 13 horas, percebendo que ninguém aparecida para entrar ou sair da casa, resolveram observar por uma fresta da lona, o que escondia escondendo por trás do portão da casa e acabaram localizando a caminhonete Toyota Hilux, 2029, branca, placas PRK 9119 – Itumbiara/GO, a qual ainda estaria intacta e possivelmente a quadrilha estaria esperando o momento certo para retirar a caminhonete de São Carlos.

O delegado João Fernando Baptista, foi alertado por seus policiais sobre o encontro da 5ª caminhonete recuperada por seus policiais em São Carlos e com peritos do Instituto de Criminalística (IC), seguiu com uma outra equipe da DIG e após todos os levantamentos e perícia na caminhonete que ainda encontrava-se intacta, os policiais civis comunicaram o engenheiro agrônomo sobre o encontro de sua caminhonete que foi encaminhada para o prédio da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), onde o engenheiro foi ouvido com familiares pelo delegado João Fernando Bapista que registrou o caso como encontro de veículo roubado, cujo mesmo após perícia foi devolvido á seu legítimo proprietário.

DENÚNCIAS

Durante os levantamentos ainda na região oeste de São Carlos a DIG teria identificado um dos chefes da quadrilha e apurou que alguns elementos já presos em outras operações fariam parte do bando. O delegado João Fernando Baptista disse que os trabalhos estão fluindo e que várias denúncias através do telefone 3374-1596, vem auxiliando a Polícia Civil na identificação de marginais que estariam furtando e roubando não só veículos, mas, estabelecimentos comerciais e residências de São Carlos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Últimas Notícias