Menu
sábado, 06 de março de 2021
Polícia

DDM identifica quarta vítima de maníaco que atacava garotas em São Carlos

22 Set 2016 - 11h06Por Pedro Maciel
Homem segue preso no Centro de Triagem. - Homem segue preso no Centro de Triagem. -

A delegada Denise Gobbi Szakal da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) ouviu nesta quarta-feira, 21, a quarta vítima de assédio sexual do servente de pedreiro V.R., 27 anos, que segue preso no Centro de Triagem de São Carlos.

SAIBA MAIS

Servente de pedreiro é detido acusado de assediar mulheres

No final da manhã de terça-feira, 20, quando foi preso pela Polícia Civil, ele confessou que teria atacado seis garotas de 14 a 17 anos, porém a titular da DDM são-carlense acredita que no mínimo 10 vítimas teriam sido atacadas. Na tarde de quarta-feira uma estudante foi ouvida no prédio da DDM e reconheceu o maníaco, bem como relatou que foi atacada por V.R., na região oeste da cidade, próximo ao Kartódromo.     

Em seu depoimento o acusado disse que dava "gravatas" em suas vítimas e alisava seus seios e as partes íntimas, após as liberavam e que nunca teriam as estuprados.

A esposa do maníaco também foi ouvida na DDM e ficou decepcionada com o caso. A delegada disse que a família e a esposa devem ser preservadas, pois também são vítimas e que o rapaz teria que passar por um tratamento psiquiátrico, pois embora não tivesse tido relações sexuais com suas vítimas isto poderia ocorrer a qualquer momento, pois o seu quadro aparenta ser progressivo e pelo relato de vítimas mostrava-se cada vez mais violento.

O maníaco segue preso em cela separada e a delegada assim que concluir o inquérito policial deverá representar pela prisão preventiva de V.R., 27, que poderá ser encaminhado para Penitenciária Estadual de Serra Azul, na região de Ribeirão Preto.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias