Menu
sexta, 24 de setembro de 2021
Polícia

Caso Jefferson: audiência é cancelada por falta de transporte de presos

22 Mar 2011 - 11h49
0 - 0 -

A 3º Vara Criminal de São Carlos cancelou mais uma vez o julgamento dos assassinos do vendedor Jefferson Galdino Domingos de 20 anos, morto a facadas em novembro de 2010. Amigos e familiares mais uma vez ficaram decepcionados com a medida.

Seriam julgados nesta segunda-feira (22) o ex-estudante de direito e amigo de infância da vítima, Edson Santos Nobre, 20 e o desocupado Clebson Pereira Souza, 18, o "Clebinho", apontados como autores do latrocínio.

De acordo com os familiares, o "Clebinho" chegou ao Fórum Criminal por volta das 13h30 e também o Juiz substituto da 3ª Vara Criminal Dr. André Luiz de Macedo e a Promotora Pública Neiva Paula Paccola Carnieri Pereira, que atuariam na acusação dos réus.

Logo em seguida os familiares foram alertados que Edson Santos Nobre não poderia comparecer ao julgamento por falta de transportes de presos, seguranças da penitenciária e policiamento na vinda do mesmo. A confirmação foi dada pelo juiz e pela promotora que entraram em contato com a administração da cadeia.

O novo Julgamento foi marcado para o dia 4 de abril às 13h30 no Fórum Criminal de São Carlos.

No dia 23 de fevereiro deste ano, o "amigo" da vítima, Edson Santos Nobre, que está detido no Centro de detenção Provisória na Penitenciária Estadual João Batista de Arruda Sampaio em Itirapina, pediu para mudar de ala já que estava sendo jurado de morte por outros presos.

O crime

Jéferson Galdino Domingos, de 20 anos, foi assassinado com pelo menos 20 facadas no dia 12 de novembro de 2010. O autor é o amigo de infância dele, Edson Santos Nobre, 20, que foi preso pela Polícia Civil.

O corpo de Domingos foi encontrado após o carro, um Fiat Tipo, verde, placas de São Carlos, ser encontrado às margens da vicinal Abel Terrugi. O carro estava ligado e no interior havia uma camisa e uma faca.

Os policiais entraram em contato com a noiva de Domingos, que informou que ele havia saído de casa no começo da tarde para se encontrar com Nobre para receber R$ 5 mil da venda de um veículo Pólo. Como os policiais não localizaram Domingos, o carro foi guinchado e a ocorrência registrada na delegacia.

A equipe da delegada Denise Gobbi Szakal foi até a mata próxima de onde o carro de Domingos foi encontrado e passou a vasculhar o local. Pouco tempo depois eles encontraram o corpo da vítima, com pelo menos 20 facadas.

Cientes do encontro que Domingos teve com Nobre, os policiais do plantão policial, juntamente com os PMs foram atrás dele

O acusado foi encontrado e alegou que combinou com dois adolescentes para darem um susto em Domingos, porém ele teria reagido pegando uma chave de fenda e foi esfaqueado várias vezes. Nobre tinha a intenção de pegar o dinheiro que devia de volta.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias