Menu
quinta, 13 de maio de 2021
Polícia

Assaltantes levam carga de algodão e fazem caminhoneiro refém na Vila Marina

Vítima ficou sendo vigiada durante a madrugada em uma mata próximo a SP-310.

08 Ago 2012 - 10h01

Um caminhoneiro foi mantido refém por assaltantes na madrugada desta quarta-feira (8). Ele foi abandonado no início da manhã em uma mata ao lado da rodovia Washington Luis (SP-310). Os bandidos levaram a carga de algodão avaliada em R$ 90 mil.

E.A.D., de 35 anos, contou à nossa reportagem que estava estacionado na rua Luiz Vaz de Camões, próximo ao Hospital Escola (HE), dormindo dentro do caminhão Mercedes-Benz, placas JYE-9193 de Tangará da Serra/MT. Ele esperava amanhecer o dia para descarregar a carga de algodão em uma empresa têxtil.

Por volta das 3h30 dois homens danificaram o vidro do caminhão e o renderam. Em seguida ele foi levado até uma mata atrás do condomínio Eldorado, onde foi mantido refém por um terceiro bandido. O caminhoneiro teve os olhos vendados e mãos amarradas e por isso não conseguiu ver se os criminosos estavam armados.

Somente por volta das 8h ele liberado e conseguiu acionar a Polícia Militar e contou aos policiais os momentos de terror que viveu nas mãos dos assaltantes.

Após tomar conhecimento do assalto, o sargento Douglas e soldado Rodrigo passaram a procurar pelo caminhão e no posto Nossa Senhora de Fátima localizaram apenas o cavalo mecânico. A carreta com a carga de algodão não foi localizada.

A Polícia Cientifica realizou a perícia no caminhão, porém ainda não há pistas dos criminosos. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial da Vila Nery.

Veja entrevista com o caminhoneiro:

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias