Menu
quinta, 27 de fevereiro de 2020
Polícia

Após 45 dias, morre homem que se envolveu em confusão em bar no Centro de São Carlos

23 Jan 2020 - 13h29Por Redação São Carlos Agora
Após 45 dias, morre homem que se envolveu em confusão em bar no Centro de São Carlos - Crédito: Arquivo/SCA Crédito: Arquivo/SCA

Morreu na madrugada desta quinta-feira (23) o motorista de aplicativo Wilson José de Laia, de 40 anos, que na madrugada do dia 9 de dezembro do ano passado se envolveu em uma confusão que começou em um bar na avenida Comendador Alfredo Maffei, no Centro. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da Santa Casa.

Wilson esfaqueou um jovem e depois perseguiu outros dois rapazes em um carro. A perseguição terminou no cruzamento das ruas Padre Teixeira e Monteiro Lobato, após um acidente. Wilson foi desarmado após levar uma paulada na cabeça e foi golpeado com a própria faca várias vezes no rosto e teve um dos olhos perfurado. A câmera de segurança de um estabelecimento registrou o ocorrido. 

O motorista de aplicativo estava acompanhado da filha.

Wilson ficou internado na Santa Casa todo esse tempo e não resistiu aos ferimentos. Já o jovem que foi esfaqueado por ele recebeu alta há poucos dias.

O CASO

O São Carlos Agora apurou que por volta da 0h30, Wilson foi até o bar com a filha de 12 anos e foi até uma mesa onde amigos estavam reunidos para cobrar uma dívida de um acidente de trânsito que aconteceu no passado.

Neste momento houve uma confusão e o jovem identificado como Gabriel Henrique da Silva, de 30 anos, que tentou acalmar os ânimos, acabou sendo esfaqueado por Wilson. Gabriel foi socorrido por amigos e encaminhado até a Santa Casa.

Frequentadores do bar passaram a atirar copos e garrafas em Wilson, que deixou o local e voltou pouco depois para tentar atingir o desafeto. O alvo de Wilson e o amigo entraram em um Golf branco e passaram a ser perseguidos pelo motorista de aplicativo que estava em um Peugeot.

A perseguição terminou no cruzamento das ruas Monteiro Lobato e Padre Teixeira, na Vila Nery, onde o motorista do Golf perdeu o controle e bateu na guia e na porta de um imóvel. Wilson que estava logo atrás com a filha no carro desceu e partiu para cima dos ocupantes do Golf com a faca. Ele recebeu uma paulada na cabeça, foi desarmado e com a própria faca foi esfaqueado várias vezes, inclusive no rosto e teve um dos olhos perfurado.

T.F.A., de 22 anos, e M.V.G., de 24 anos, foram conduzidos pelos PMs Simone e Alexandro até o prédio da DIG, onde serão indiciados pelo crime de tentativa de homicídio, mas foram liberados, já que trata-se de um caso de legítima defesa. Wilson está internado sob escolta policial.
 

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias