Menu
segunda, 20 de setembro de 2021
Polícia

Advogada morre após passar por procedimento para emagrecer em São Carlos

07 Dez 2017 - 18h32
Foto Facebook - Foto Facebook -

Uma advogada de 63 anos morreu na manhã desta quinta-feira (7) após ser submetida a um procedimento para emagrecer no centro de endoscopia, anexo a Santa Casa. Segundo informações do boletim de ocorrência, no dia 30 de novembro ela foi internada para a introdução de um balão intragástrico, porém o equipamento teria apresentado problemas.

Segundo o genro da mulher, Rodrigo Antonio Sardi, o balão estava furado. "Não sei se já estava furado ou furou durante o procedimento", disse ao portal de notícias São Carlos Agora.

Iraci Parussolo de Oliveira, que morava no Parque Fher, passou por uma nova intervenção para a retirada do balão com defeito, mas teve complicações respiratórias e por consequencia sofreu uma parada cardiorespiratória. Ela foi encaminhada ao Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SMU) e depois transferida à Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde permaneceu internada até a data de hoje.

Rodrigo Sardi, esteve no 3º Distrito Policial, no centro, para registrar um boletim de ocorrência. Segundo ele, houve negligência por parte do médico que atendeu a sua sogra, por isso pretende acionar judicialmente o profissional. "Contra a Santa Casa não tenho do que me queixar, todos os atendimentos na UTI e no SMU foram totalmente eficientes", declarou.

Sardi apontou três erros cometidos pelo médico: O balão furado, a retirada do equipamento que teria causado obstrução das vias aéreas superiores e o tubo endotraqueal que segundo ele, não estava posicionado na traquéia e sim no esôfago. 

Ele apresentou aos policiais uma declaração médica e o encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

O corpo da advogada, que deixa dois filhos, será encaminhado até Bauru, onde será sepultado nesta sexta-feira.

Em nota, a assessoria de imprensa da Santa Casa informou que vai apurar o caso.

 

 

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias