Menu
sexta, 24 de setembro de 2021
Polícia

Acusado de matar vigilante se entrega na DIG

07 Dez 2010 - 18h05
Facas que foram apreendidas pela DIG; uma delas serviu para matar a vítima - Facas que foram apreendidas pela DIG; uma delas serviu para matar a vítima -

O acusado de matar a facadas o vigilante Jeová Natalino Soares, de 42 anos, na madrugada do dia 28 de novembro, na rua 7, no Antenor Garcia se apresentou na tarde desta terça-feira (7), na sede da Delegacia de Investigações Gerais (DIG).

Em seu depoimento, o lavrador FPR, de 34 anos, alegou que há meses Jeová vinha fazendo brincadeiras com a sua pessoa, inclusive o chamando de corno.

Ele disse ainda que Jeová tinha a intenção de sair com a sua esposa e que no dia do crime ambos estavam participando de um churrasco em um bar, na rua 7.

Por volta da 1h, após Jeová deixar o bar, o lavrador apanhou uma faca e foi atrás da vítima e no meio da rua desferiu as facadas.

Segundo o acusado, Jeová também portava uma faca e teria ameaçado sacar a mesma.

O lavrador entregou para a Polícia a faca usada no crime e a que Jeová portava.

O acusado foi ouvido pelo delegado Edmundo Ferreira Gomes e liberado em seguida, já que não estava em situação de flagrante.

A DIG prossegue com as investigações e nos próximos dias deve ouvir algumas testemunhas do crime.

O crime

A Polícia Militar foi acionada por volta da 1h, na rua 7, onde vizinhos diziam que havia um homem caído e sangrando bastante.

A equipe dos policiais Ivair e F. Simões foi a primeira a chegar ao local e solicitou o apoio da Unidade de Suporte Avançado (USA). Quando os médicos chegaram, constataram que Jeova Natalino Soares, de 42 anos, estava morto.

A Polícia Cientifica, em  exame preliminar verificou que a vítima havia sido atingida por pelo menos 20 facadas na região das costas e barriga.

Os policiais tentaram colher informações sobre o crime com vizinhos, mas ninguém quis dar declarações

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias