Menu
sábado, 27 de fevereiro de 2021
Polícia

Acusada de participar de assalto, "princesinha do crime" tem prisão decretada pela Justiça

Maria Angélica Macedo da Silva ficou conhecida por cometer crimes em São Carlos.

26 Jan 2021 - 08h07Por Redação São Carlos Agora
Princesinha do crime é procurada pela Polícia - Crédito: divulgaçãoPrincesinha do crime é procurada pela Polícia - Crédito: divulgação

A Justiça de São Carlos expediu um mandado de prisão temporária contra Maria Angélica Macedo da Silva, jovem de classe média alta ficou que  conhecida como "Princesinha do Crime", por cometer furtos na cidade. Ela chegou a ficar presa por vários meses na penitenciária de Guariba (SP) após ser condenada.

Desta vez, Maria Angélica é acusada de participar de um assalto, a qual foi reconhecida pela vítima.

O roubo aconteceu na tarde do dia 15. A vítima, um autônomo de 29 anos declarou que conheceu uma mulher pelo aplicativo Tinder e marcou um encontro. Sem saber que seria a "Princesinha do Crime", ele apanhou a mulher na rua Walter de Camargo Schultzer.

A mulher disse que eles poderiam seguir até a casa da avó, no Cruzeiro do Sul, onde poderiam ficar mais a vontade. Chegando perto de um ferro velho, o autônomo foi orientado pela mulher a parar para dar uma carona a um amigo. Neste momento chegou um segundo individuo e ambos entraram no carro.

Já no Jardim Cruzeiro do Sul um dos bandidos colocou uma faca no pescoço da vítima e assumiu o volante. 

O autônomo foi levado como refém e obrigado a entregar o celular e a carteira contendo R$ 170,00.

Já no Santa Felícia, Maria Angelina teria dito que iria matar a vítima. Neste instante o autônomo entrou em luta corporal com o assaltante que estava armado com a faca e a lâmina chegou a quebrar. Em seguida pulou do carro em movimento, sofrendo várias escoriações. O trio fugiu levando o veículo que foi localizado abandonado dois dias depois na rua Pedro de Almeida, na Vila Santa Madre Cabrini.

O autônomo foi socorrido até a Santa Casa, onde a Polícia Militar foi acionada e ele reconheceu por foto a "Princesinha do Crime".

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) procura por Maria Angélica. Quem tiver informações sobre o paradeiro dela, pode entrar em contato com o whatsapp da delegacia: 16 3374-1984.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias