Menu
quinta, 04 de março de 2021
Eleições 2012

Mais de 30 pessoas são detidas por crime eleitoral no estado de São Paulo

07 Out 2012 - 16h26
0 - 0 -

Trinta e quatro pessoas foram detidas em flagrante por crime de boca de urna - distribuição ilegal de material eleitoral - em todo o estado de São Paulo, segundo o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo. Entre elas, quatro são candidatos a vereadores: Amauri Queiroz (PV), de Valinhos; Arlindo Bento do Nascimento (PT), de Iaras; Mario Silva (PV), de Gabriel Monteiro; e Rosângela Zanon (PPL), que concorre a uma vaga na capital paulista.

Rosângela Zanon foi presa em flagrante no Largo do Cambuci, na zona sul, distribuindo panfletos em nome do candidato a vereador pelo mesmo partido, Sérgio Cruz. De acordo com a Polícia Militar (PM), foi encontrado em um carro próximo à candidata uma quantidade significativa de material. Ela foi detida e levada ao 8º Distrito Policial (DP), onde assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberada em seguida.

Um eleitor do município de Santa Adélia, flagrado fotografando o seu voto, foi preso por quebra de sigilo. O município de Taboão da Serra, na região metropolitana de São Paulo, foi o que mais concentrou os casos de crime de boca de urna. Foram presas na cidade 29 pessoas.

comments powered by Disqus