Menu
sexta, 22 de novembro de 2019
Crueldade

Padrasto é preso acusado de torturar e quebrar pernas de bebê de 10 meses no interior de SP

07 Nov 2019 - 07h35Por Redação São Carlos Agora
Padrasto é preso acusado de torturar e quebrar pernas de bebê de 10 meses no interior de SP - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Um homem de 27 anos foi preso nesta quarta-feira (6) acusado de torturar e quebrar as pernas de um bebê de apenas 10 meses. O crime aconteceu em Jundiaí, no interior de SP.

O acusado é padrasto da criança. A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) verificou que ele agiu de forma premeditada, fora da vista da mãe e de outras pessoas. O bebê sofreu uma fissura no osso da perna da perna esquerda e precisou ficar com o membro imobilizado por 15 dias.

Após se curar da perna esquerda, o bebê passou a chorar de dor sempre que a perna direita era tocada. Ele foi levado ao hospital, onde se descobriu uma fratura. A perna foi engessada novamente.

Pela terceira vez o padrasto teria torturado a criança. A mãe, avó e bisavó do bebê estranharam o choro constante do bebê e se depararam com a perna esquerda torta, no colo do padastro.

A criança foi socorrida ao estabelecimento médico, onde foi constatada uma fratura na tíbia da perna esquerda, sendo o membro imobilizado novamente. O acusado teria torcido a perna da criança.

Preso, o padrasto negou o crime e acusou a mãe da criança pelas agressões. Ele está preso preventivamente no Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.

Com informações do Tribuna de Jundiaí

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias