Menu
domingo, 24 de janeiro de 2021
Estado

Padrasto confessa ter matado menina de 5 anos no interior de SP

Corpo foi localizado dentro de uma caixa de papelão, em um terreno baldio.

18 Dez 2020 - 15h12Por Redação São Carlos Agora
Maria Clara foi encontrada morta dentro de caixa de papelão, em terreno baldio - Crédito: Arquivo pessoalMaria Clara foi encontrada morta dentro de caixa de papelão, em terreno baldio - Crédito: Arquivo pessoal

O padrasto confessou ter matado a menina Maria Clara Calixto nascimento, de 5 anos, em Hortolândia. Ela estava desaparecida desde ontem. O corpo foi localizado em um terreno baldio, no bairro São Felipe.

Segundo a delegada que investiga o caso, há indícios de que a menina foi abusada sexualmente, mas a autoria ainda não está confirmada.

De acordo com a Polícia, o padrasto tem passagem por estupro. A identidade dele não foi revelada.

Maria Clara desapareceu na região do bairro Vila Real, na manhã de quinta, e a família fazia buscas por ela desde então. O caso gerou comoção nas redes sociais.

O corpo da menina foi visto por uma mulher por volta de 9h30 em um terreno baldio que fica na Rua Irmã Nazária Rita de Fillipi, no bairro São Felipe, na região do Vila Real, em Hortolândia, e próxima à casa da família. Ele estava dentro de uma caixa de papelão coberta por um plástico.

Populares revoltados com a morte da menina “cercaram” a Delegacia de Hortolândia e colocaram fogo em pneus no início da tarde sexta-feira (18). A movimentação fez com que a polícia isolasse a entrada da delegacia. (Com informações do O Liberal)

Populares atearam fogo em pneus em forma de protesto pela morte da meninaPopulares atearam fogo em pneus em forma de protesto pela morte da menina

 

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias